Roteiro: Tailândia

  1. Primeiro dia (Templos, 3 no total)

 

Obs: Não pegar transporte parado em frente aos templos, ande um pouquinho  e pegue mais afastado, menos risco de cair em golpes e chance de ser mais barato a corrida.

Visita aos templos: (Usar calças e cobrir os ombros para as mulheres e saias abaixo do joelho)

Sair cedo, 7:30 no máximo.

 

  1. Templos Grand Palace e Wat Pha Kaew  (Buda reclinado)

 

first-time-in-Bangkok-what-to-do-19-1024x768.jpg

 

  • Horário de visita:

8:30 até as 15:30 diariamente.

 

  • Endereço:

Na Phra Lan Road, Phra Borom Maha Ratchawang, Phra Nakhon, Bangkok

 

  • Como chegar lá:

 

Pegar o Bts Skytrain para Takison Station, ônibus numeros 1.3.6.9.15…

  • Preço:

100 thb (10 reais) O.o

Bem grande, estimativa demais de 2 horas de visita, aqui fica também o templo do Buda Esmeralda. Aqui também estão massagens famosas.

  • Preço e tipo:

Thai massage 30 minutes for 260 thb
Thai massage 1 hour for 420 Baht
Foot massage 30 minutes for 280 Baht
Foot massage 1 hour for 420 Baht

Obs. Existe um corredor onde tem 108 potinhos para você por moedas lá, você pode comprar 108 moedinhas por 20 thb.

7OaI92GVEwBwQuMOBHMXndjTw2prac6P22U9A1Wo4VLL388TlYBP8daPHaACrgSNb5CVjGHDUl673ft5pRrJIjcQp9RQPeTEpK-4ggLZvSHhc0IZ8JiDLIFaYg860chEyStinZvW

Templo Wat Arun (Templo do amanhecer)

 

Em frente ao primeiro templo, mas do outro lado do rio, é preciso pegar um barco. Preço Simbólico (praticamente centavos)

  • Horário de visita:

8:30 ate 17:30

  • Preço:

50 Bath

Melhor horário, no por do sol, para fotos.

 

Onde comer em Bangkok:

Terminal 21, pratos limpos com preço acessível. Como funciona? Além de ser um shopping temático onde cada andar representa um país, você carrega o valor que quer no cartão e gasta nas lojas de alimentação.

Como chegar no terminal 21:

 

BTS1 descer no Asoke, o metro já é interligado com o shopping.

 

Golpes mais comuns em Bangkok:

“O monumento não abre hoje (Pode ser aplicado tanto por taxistas quanto por pessoas nas ruas, se ocorrer saia imediatamente do taxi e não de bola pra pessoa na rua. Isso é pra te fazer ir pegar um tuk tuk “amigo por precinho camarada” que vai te levar em várias lojas.

 

Turistas  não podem dirigir na Tailândia, então o ideal é que você não tenha que contratar nenhum serviço de aluguel de carros por lá. No entanto, se for arriscar mesmo assim, tome cuidado! Se o lugar exigir que você deixe o passaporte como garantia, saia de fininho. É provável que essa vai ser a última vez que você vai ver seu documento.

Além disso, motos e jet skis não costumam ter seguro obrigatório. Na hora de devolver, os proprietários podem exigir um quantia abusiva alegando pequenos danos, muitas vezes inexistentes.

 

Os golpes das joias falsas

 

Você está dentro de um tuk-tuk, indo para uma atração turística qualquer. No meio do caminho, seu motorista faz uma proposta que você não pode recusar: ele acrescentaria, de graça ou por muito pouco, outro destino no roteiro. Pode ser um templo, um palácio ou um parque, não importa.

Só que, no meio do caminho, ele para com você em lugares estranhos e pessoas aleatórias aparecem para conversar. No meio da conversa, elas começam a falar sobre joias e pedras preciosas e sobre como é barato adquiri-las na Tailândia. E, vejam só, que coincidência! Eles têm algumas para vender para você ali mesmo. Se você cair, vai voltar para casa com lindos pedaços de vidro colorido.

 

O golpe da comida de Pombo

 

Nas proximidades do Palácio Real de Bangkok vivem algumas centenas de pombos. Quando passar por ali, talvez você receba sacos de comida para dar aos pássaros. Não aceite. Assim que o pacote estiver em suas mãos, o gentil estranho vai exigir alguns bahts por ele. Nem sempre poucos. Os valores cobrados por um saquinho de comida de pombo podem chegar a 1000 baths. Se você se recusar a pagar, a coisa pode ficar agressiva. Não se esqueça que esse é o país do Muai Thai.

 

Uma das atrações turísticas mais famosas da Tailândia é o Mercado Flutuante de Bangkok. O que pouca gente sabe é que ele não fica em Bangkok, mas em uma cidade vizinha. A maioria das pessoas contrata um serviço de transfer para chegar até lá. Já li relatos de que, em alguns casos, esses transfers levam os turistas para um outro mercado nada a ver, longe pra caramba. Você só se dá conta de que está no lugar errado quando chega lá. E precisa pagar uma fortuna para voltar.

Procure contratar o serviço no seu hotel. Eles provavelmente possuem um contato confiável para indicar.

 

Fonte: www.360meridianos.com

 

Se der tempo, ir de noite visitar Khao San Road

 

Previsão de Gastos do primeiro dia: 1.250 Baths.

 

2º DIA

 

MBK CENTER

 

Um dos melhores shoppings para comprar eletrônicos em Bangkok, passar lá para comprar a câmera da leticia.

 

Horário de funcionamento:

 

Dom – Sáb

10:00 – 22:00

 

Localização:

 

LOCALIZAÇÃO

444, Phayathai Road | Pathum Wan, Pathum Wan, Bangcoc 10330, Tailândia

 

Como chegar lá:

 

Pegar metrô BTS1 descer na estação National Station.

 

 (Mercado Flutuante, Trem que passa no meio da feira)

 

Primeiro, algumas considerações, mercados flutuantes existem mais de 1 em bkk, mas o mais mais conhecido e já até tido sido eleito como uma das 12 armadilhas para turistas em Bkk é o Damnoem Saduak, esse é o mercado “feito pra turista” então se fores pra lá, não espere muita coisa diferente do que coisas que se espera que o turista compre, se não se incomodar com isso, ok.

 

O mercado flutuante

 

Contratar um passeio saindo de Bangkok. que inclua:

 

Maeklong Railway Market(Mercado do Trem) + Damnoen Saduak Floating Market (Mercado Flutuante), que saiu por apenas 450 baths – cerca de 40 reais.

 

Passeio de meia dia, sai as 7 da manhâ e retorna logo as 13:00 .

4º  DIA

 

Partida de Bangkok para Ayutthaya  (Trem noturno)

Então vamos ás 3 formas:

Vans – Micro Bus e trens ( Estação Hualamphong)

Como eu não tenho os preços atualizados vou escrever apenas sobre as experiências que achei na net.

Vans parece ser uma forma barata e mais rápida (Bem depende do trânsito) para um bate e volta. Pode chegar em 2 horas ou mais ou menos.

Micro Bus eu não recomendo, já li que são velhos e podem quebrar no meio do caminho.

Trem eu acho a forma mais autentica pra fazer essa viajem, existem classes, primeira (300 baths), segunda (250 baths) e terceira. (20 baths) Obs, se você for de terceira é a mais autêntica e a mais desconfortável… se quiser ir nessa vá cedo para o trem pra pegar um lugar pra sentar, se não corre o risco de ir toda a viajem em pé.  Outra dica, tente pegar o trem numero 9 que é um dos mais novos.

Obs: A estação de trem fica fora de Ayutthaya (Quando você chegar la, mas ae é só pegar um barco (5 thb) pra atravessar e pronto.

Chegando em Ayutthaya o que fazer:

Os principais templos de Ayutthaya são:

Wath Pha Mahathat ( Aquele da cabeça de Buda na raiz da arvóre). What Pha Si Sanphet (Antigo templo real) e o Wath Lokohyasutha ( Buda reclinado do Street Fighter.

Os templos mais importantes são pagos, uns 50 thb por pessoas. Uma dica, para as mulheres, levem um lenço que cubra a cabeça e os ombros. 

Rayavadee Resort, Krabi
railay beach krabi tailandia
A caminho de Chicken e Poda Islands, Krabi
Maya Bay, Phi Phi
Pi Leh Lagoon, Phi Phi
por do sol railay beach krabi tailandia
Pôr do sol em Railay Beach, Krabi

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*