Imprimir Página

O Corpo no Som

O Corpo no Som

Nosso cérebro está profunda e diretamente conectado à música. O ser humano tem pré-disposição nata para produzir e desfrutar de comportamentos musicais. Assim sendo, pretendemos proporcionar aos participantes, momentos de envolvimento com a criatividade, expressão musical, improvisações, sensibilidade, diferentes sensações e emoções através da integração corpo-instrumento-mente musical. Pesquisadores e profissionais da área científica e musical são unânimes quanto ao fato do ser humano ser essencialmente musical.

A oficina será realizada em forma de circuito estruturado por três momentos.

 

1)  Dançando com o papel- Disponibilizaremos folhas de papel celofane e estímulo sonoro.

Objetivo: Proporcionar a experiência sensorial em sincronia com estímulo musical utilizando-se do papel celofane.

Dinâmica da oficina: Através do manuseio do papel celofane friccionando-o , será vivenciada a  dinâmica do pianíssimo ao fortíssimo, articulações rítmicas em variados planos sonoros ,  efeitos percussivos com as mãos e o papel e o que mais o aluno criar com o material. Serão estimulados: a experiência tátil em variadas intensidades, criatividade,  atenção, concentração, percepção rítmica e auditiva.

 

 

2) O Corpo no Som Disponibilizaremos cartazes com imagens de partes do corpo humano a serem utilizadas para produzirem sons   (palmas, estalo de dedos, beijo, etc.).

Objetivos: Reconhecer seu próprio corpo e os sons que ele pode produzir; experimentar, descobrir e inventar sons com seu próprio corpo; desenvolver a percepção auditiva; reconhecer timbres; movimentar-se para produzir sons; e estimular atenção, concentração e memória.

Dinâmica da oficina: Os participantes farão a leitura sonora de cada imagem.  Com isso os estimularemos   a identificar e explorar musicalmente as partes do seu corpo que produzem som.

 

 

3) Musiritmo- Disponibilizaremos 6 instrumentos de percussão com timbres e materiais diferentes. Além dos instrumentos, também teremos 4 objetos que produzem som. Total: 10 sons diferentes.

Objetivos: Reconhecer timbres variados, estimular a memória auditiva, tocar em conjunto, reconhecer e acompanhar ritmos variados, estimular a atenção e concentração, estimular habilidades cognitivas e de memória além da integração e interação entre os participantes.

Dinâmica da oficina: Cada participante poderá experimentar os corpos sonoros e escolher rapidamente um deles para acompanhar o ritmo de 3 músicas. (Um poutpourri com Choro, Baião e Samba).

 

 

Autores: Maria Beatriz Licursi Conceição; Liliam Ameal; Rafaela Leonardo Theodoro; Mônica Coropos; Claudia De Paula Teixeira.

Link permanente para este artigo: http://www.cienciasecognicao.org/min/?page_id=3346