Imprimir Página

Leitura e Simetria

Leitura e Simetria

Objetivo didático:

Conscientizar seus participantes sobre as peculiaridades do processamento visual para aquisição da linguagem escrita. Para isso, visa-se apresentar que a escrita obedece regras particulares quando o indivíduo torna-se competente na leitura. Confundir uma imagem pela inversão do plano horizontal desta mesma é conhecido como ato de “espelhar”. Deixar de fazê-lo é um aprendizado formal que acontece com o letramento. No início da alfabetização a ocorrência dos espelhamentos é esperada, mas a persistência ao decorrer da vida acadêmica pode sinalizar a necessidade de atenção especializada para minimizar impactos no aprendizado, tal como acontecem nas dislexias e nas disortografias.

Funcionamento:

Nesse jogo, são mostradas diversas imagens comumente encontradas no cotidiano (placas, bandeiras, logomarcas, símbolos etc) de forma aleatória. Espera-se o reconhecimento e a nomeação destas imagens. O tempo é cronometrado. Em seguida, os participantes são avisados que muitas das imagens reconhecidas estavam invertidas horizontalmente (espelhadas). Pede-se então para que o participante tente identificá-las. Ao cronometrar esse tempo de atividade, podemos, de forma prática, demonstrar que, em geral, leva-se mais tempo para analisar uma imagem quanto à sua orientação especial direita-esquerda do que para interpretá-la.

Materiais utilizados:

Fichas com imagens diversas (versão original e espelhada) e cronômetro

Habilidades exercitadas:

Memória visual, orientação espacial, atenção e acesso lexical.

 

 

Autor: Anna Carolina Miguel

 

 

Link permanente para este artigo: http://www.cienciasecognicao.org/min/?page_id=3383