Reunião do Neuroeduc – 28/08/2015 – Tema: Promoção da linguagem emocional: o que o professor tem a ver com isso? (Anna Carolina Miguel)


Share on Facebook197Tweet about this on Twitter0Pin on Pinterest0Share on Tumblr0Email this to someoneShare on Google+0Share on LinkedIn0Print this page

28/08/2015: das 10:00 às 12:00h (sexta-feira) – G1-009

  •  Apresentador: Anna Carolina Miguel (UFF, CeC-Nudcen)
  • Tema: Promoção da linguagem emocional: o que o professor tem a ver com isso?
  • Resumo: A linguagem emocional representa um conjunto de competências cognitivo-linguísticas que permite o indivíduo compreender e produzir significados afetivos e semânticos, tais como expressar e compreender estados emocionais e a intenção do emissor da mensagem. Essas qualidades facilitam a comunicação interpessoal e consequentemente o aprendizado decorrente das relações inauguradas com o ingresso escola. O educador é quem, rotineiramente norteia comportamentos sociais e orienta o uso da linguagem dos alunos para de acordo com o contexto. Nesse processo, assume lugar privilegiado tanto para a promoção da linguagem emocional quanto para a detecção dos sinais de dificuldades.Os transtornos do espectro autístico (TEA) e as alterações sensoriais (Surdez e Cegueira) apresentam particularidades em relação à qualidade do discurso emocional. Essas falhas interferem nas qualidades comunicativa e social e deve ser considerada também pela escola.