Um olhar sobre o compartilhamento e a apreensão dos conhecimentos sob a luz da Psicologia Social: a contribuição da teoria das representações [Ensaio]

Texto publicado na revista científica Ciências & Cognição, 23(2).
Disponível em:  http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/1485

UM OLHAR SOBRE O COMPARTILHAMENTO E A APREENSÃO DOS CONHECIMENTOS SOB A LUZ DA PSICOLOGIA SOCIAL: a contribuição da teoria das representações [Ensaio] – AUTORES: Felipe Sales de Oliveira, Maria Lucia Bianconi. Ciências & Cognição, 23(2), 2018.

RESUMO: Desde a origem da investigação filosófica, uma das grandes questões dos estudiosos é entender de que maneira os conceitos e ideias são formados em nossa mente e qual a correspondência entre essas ideias e a realidade. Já no século XX, a sociologia refez as mesmas perguntas, assumindo um enfoque diferente. A preocupação deixou de ser como o indivíduo conhece, passando a se interessar e a enxergar o indivíduo inserido dentro de um grupo, começando, então, a se preocupar sobre como o próprio grupo chega ao conhecimento. A psicologia social, por meio da Teoria das Representações Sociais introduzida por Moscovici, em 1961, nos fornece uma perspectiva teórico-epistemológica sobre como se formam esses conceitos e nos ajuda a entender como, e dentro de quais circunstâncias, os seres humanos compartilham o conhecimento e, através disso, estabelecem sua realidade em comum.

Disponível em: http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/1485