Modelagem e impressão 3D como ferramentas de estímulo à criatividade, à divulgação das neurociências e à produção de materiais de ensino

O trabalho “Modelagem e impressão 3D como ferramentas de estímulo à criatividade, à divulgação das neurociências e à produção de materiais de ensino” foi apresentado por Mariana Cunha dos Santos, na Sessão “Divulgação científica”, durante a 10ª Semana de Integração Acadêmica (SIAC), da UFRJ. O trabalho borda o uso experimental de impressoras 3D, e sua respectiva modelagem, em ações de extensão voltadas para a popularização de ciências. O trabalho foi desenvolvido em co-autoria com  Mariana Cunha dos Santos, Alfred Sholl-Franco, Débora Henrique da Silva Anjos, João Vítor Galo Esteves.

Resumo: A impressora 3D é uma ferramenta que produz sólidos tridimensionais a partir do acréscimo de sucessivas camadas de material, que podem ser de plástico, madeira, titânio, chocolate, entre outros. O processo de impressão é feito a partir da modelagem 3D em um programa gráfico, envio para o software da impressora e derretimento do filamento, sendo aplicado em camadas para a construção do objeto. A tecnologia abraça diversas áreas, como arquitetura, engenharia, design, medicina e etc. Em nosso projeto, o uso da impressão 3D tem como objetivos: (1) estimular o processo criativo, (2) divulgar as neurociências de forma lúdica e artística e (3) produzir materiais (para)didáticos inclusivos. Além disso, o projeto almeja apresentar a inovação tecnológica à sociedade, discutindo as distintas maneiras de representação gráfica e possibilitar a compreensão da transição entre abstrato e o concreto. Desenvolvemos o módulo de oficinas “Imaginação e Criatividade”, executado durante as visitas do Museu Itinerante de Neurociências (MIN) em escolas do ensino básico e espaços não formais de ensino dos municípios do Rio de Janeiro e da região do Grande Rio (cronograma disponível em www.cienciasecognicao.org/min), o qual leva ao público noções integradas de neurociências através de estratégias práticas simples, como uso criativo de formas geométricas para criação de novos elementos. A produção dos materiais de ensino em 3D ocorre no Núcleo de Novas Tecnologias e Mídias, a partir de demandas específicas do projeto. Após a concepção inicial do material, as peças são projetas virtualmente e prototipagens são impressas para análise. Desta maneira, a parametrização também faz parte da metodologia, pois o intuito é a produção do maior número de peças, no menor tempo e com a melhor qualidade possível. Em 2018, a oficina visitou 6 escolas, atingindo 6299 alunos de diferentes faixas etárias, com participação média de 30 voluntários por visita. Adicionalmente, foram produzidas cerca de 200 peças relacionadas a neurociências para serem distribuídas no MIN, 15 sólidos geométricos para alfabetização de deficientes visuais, 20 jogos de encaixe dos componentes celulares do sistema nervoso, com gravuras em braille e 162 peças que constituíram os troféus da VI Olimpíada Brasileira de Neurociências (OBN). O MIN e a oficina imaginação e criatividade são capazes de levar o conhecimento da universidade a um número expressivo de pessoas, sobretudo crianças e professores do ensino básico, componentes fundamentais da sociedade. Esta pluralidade é o intuito do projeto, mas também um grande desafio, pois dialogar com populações distintas, com necessidades distintas, requer habilidades comunicacionais e de adaptação. Neste sentido, a impressão 3D se torna protagonista, pois instiga a curiosidade e interesse de todos e o seu uso é um importante facilitador para a divulgação das neurociências, através da produção e adequação de materiais (para)didáticos e instrucionais.

Para acesso ao Caderno de Resumosclique aqui ou faça o download.

Citação: SANTOS, Mariana Cunha dos, SHOLL-FRANCO, Alfred, ANJOS, Débora Henrique da Silva, ESTEVES, João Vítor Galo. Modelagem e impressão 3D como ferramentas de estímulo à criatividade, à divulgação das neurociências e à produção de materiais de ensino. “In”: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). 10a. Semana de Integração Acadêmica da UFRJ: Caderno de Resumos; 21 a 27 de outubro de 2019;  Centro de Ciências da saúde CCS)/UFRJ. Rio de Janeiro: UFRJ; 2019, p. 210. Disponível em:  https://sistemasiac.ufrj.br/cadernoController/gerarCadernoResumo/32000000 , acesso em 24/10/2019, 14:36

Translate »