O papel da neurociência no ensino e aprendizagem de língua estrangeira

O artigo “Neuroscience role in the foreign language teaching and learning”, da autoria de Igor Filipini Cearon and Heloísa Pedroso de Moraes Feltes, foi publicado no volume 25 (1) do periódico científico Ciências & Cognição. O artigo artigo pretende estabelecer uma conexão entre a neurociência e o ensino e aprendizagem de uma língua estrangeira; começando por uma introdução do assunto; em seguida apresentando uma visão geral de quais áreas do cérebro estão relacionadas à linguagem, as conceituações da neuroplasticidade e os diferentes conceitos da hipótese do período crítico e sensível. Após,  é realizada uma análise de quais contribuições a neurociência fez no campo de ensino e aprendizagem de línguas, bem como de que modo essas contribuições podem ser adaptadas e aplicadas em uma sala de aula de língua estrangeira.. Concluiu-se que a neurociência pode ser capaz de apoiar as metodologias do professor, a fim de melhorar suas técnicas e facilitar o aprendizado dos alunos.

Filipini Cearon, I., & Pedroso de Moraes Feltes , H. (2020). NEUROSCIENCE ROLE IN THE FOREIGN LANGUAGE TEACHING AND LEARNING. Ciências & Cognição, 25 (1), p. 43-60. Recuperado de http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/1770

Translate »