Introdução ao Método Científico para a Aprendizagem Investigativa (IMCAI) – Inscrições abertas

O conjunto de atividades que compõe a oficina de Introdução ao Método Científico para a Aprendizagem Investigativa (IMCAI) tem por objetivo capacitar professores do ensino básico, licenciandos e alunos de pedagogia para o uso do método científico no ambiente escolar com seus alunos, orientando-os para o desenvolvimento de projetos de pesquisa com alunos, com o fim de promover a aprendizagem investigativa (aprendizagem por investigação).

Público-alvo: professores do ensino básico e graduandos de cursos de licenciatura e pedagogia (não é um curso sobre metodologia científica para TCC ou pós-graduação).

Data: 13/09/2021 até 24/09/2021

Pré-requisito para a validação da inscrição: anexar comprovante da condição de professor do ensino básico ou de graduando de cursos de licenciatura e pedagogia no ato da inscrição, pois as inscrições sem comprovação do pré-requisito serão automaticamente canceladas.

Inscrições: serão abertas no dia 06/08/2021 e estarão abertas até o preenchimento das vagas disponibilizadas; inscrição através do link: https://doity.com.br/2021-2-imcai

Método: online com atividades síncronas e assincronas.

Certificado: será emitido certificado digital pela Organização Ciências e Cognição (OCC) do workshop para os participantes que tiverem presença registrada em mais de 75% das atividades, com carga horária de 12 horas (Não será emitido certificado para partes ou atividades isoladas).

Conteúdo Programático:

1. O Método Científico e a Aprendizagem Investigativa;

2. Tema e delimitação do tema na aprendizagem investigativa em contexto escolar;

3. Estabelecendo uma pergunta – O papel da pergunta e da hipótese para o método científico e para a aprendizagem investigativa;

4. Entendendo seu objeto de estudo e sua hipótese – Teste de hipóteses e metodologias: a importância do uso de métodos, técnicas e ferramentas de coleta de dados;

5. Entendendo os resultados e analisando dados – Interpretação dos dados e validação de hipóteses;

6. Comunicando seus resultados – Apresentação, divulgação e comunicação de resultados de uma pesquisa: da sala de aula à mostra de ciências e outros espaços.

Observação:

1) Devido à pandemia da Covid-19, este projeto de extensão está desenvolvendo todas as suas atividades de modo remoto, incluindo a oficina, para que todos os participantes possam ter acesso.

2) REDENEURO é um projeto de extensão desenvolvido em conjunto pelo Instituto NUTES de Educação em Ciências e Saúde (NUTES) e o Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), ambos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e pela Organização Ciências e Cognição (OCC).

O projeto busca constituir-se como uma plataforma de estímulo e suporte à criatividade e inovação destinada aos professores da Educação Básica que incentiva o desenvolvimento de projetos científicos por docente e discentes. Partimos, para isso, dos conhecimentos da neurociência acerca do desenvolvimento criativo em prol da formulação de perguntas e hipóteses e para a escolha das estratégias metodológicas que permitam trabalhar as questões levantadas. a formulação de perguntas e questionamentos são o pontapé inicial para o trabalho científico e representam a base da nossa rede de fomento à inovação e à criatividade, abarcando docentes de todas as disciplinas da grade curricular comum.

Leia mais em: http://cienciasecognicao.org/redeneuro/quem-somos/