“Redes Sociais na Divulgação Científica como Campo de Pesquisa” – Prof. Dr. Glaucio Aranha

Este vídeo foi gravado durante as atividades práticas do “I Semana Arte+Ciência”, que ocorreu em 19/11/2016, no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), na UFRJ. Palestra sobre Redes Sociais na Divulgação Científica como Campo de Pesquisa – Prof. Dr. Glaucio Aranha (OCC / ESAJ-RJRJ). Evento promovido por Ciências e Cognição.

Sobre a palestrante: É doutor em Letras (área: Literatura Comparada), pela Universidade Federal Fluminense (UFF); mestre em Comunicação, Imagem e Informação (área: Novas Tecnologias da Comunicação e da Informação), pela Universidade Federal Fluminense (UFF); e graduado em Direito, pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Atua na Divisão de Ensino e Pesquisa (DIEPE) da Escola de Administração Judiciária (ESAJ). É pesquisador-líder do grupo de pesquisa *Neuroeduc – Centro de Estudos em Neurociências e Educação* (OCC/UFRJ), no qual integra a coordenação da linha de pesquisa *Novas Mídias, Narratividade e Ensino*, com foco em narratividade em ambientes digitais aplicadas ao ensino e divulgação científica, com destaque para os temas: narrativas transmídias, narrativas interativas, hipertexto, produção de material multimídia e aplicações web. É coordenador e pesquisador da instituição de pesquisa e ensino Organização Ciências e Cognição (OCC). Pesquisador associado de *Ciências e Cognição – Núcleo de Divulgação Científica e Ensino de Neurociências*, da UFRJ (CeC-NuDCEN/UFRJ), onde desenvolve estudos sobre leitura e cognição. Atua como editor-chefe do periódico científico Ciências & Cognição (www.cienciasecognicao.org) e revisor de outros periódicos. É consultor da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Tem experiência na área de hipermídia, hipertexto, jogos eletrônicos, transmídia e narrativas interativas, Teoria da Literatura, Teoria da Narrativa, cultura pop japonesa (mangás, animes e games), educação e divulgação científica. Atuou, ainda, na área de Comunicação Organizacional, como responsável pelo setor de Comunicação Social e Projetos, do Instituto Nacional do Câncer (INCA) e da Ouvidoria Geral do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

A atividade foi promovida por “Ciências e Cognição – Núcleo de Divulgação e Ensino de Neurociências” (CeC-NuDCEN), do IBCCF/UFRJ.

O vídeo é um recorte do evento e possui direitos reservados.

Palestra “Autismo” – Profa. Dra. Elisabete Castelon Konkiewitz (UFGD). I Workshop Arte + Ciências e Inclusão

I Workshop Arte + Ciências e Inclusão – 19/11/2016, na UFRJ. Palestra “Autismo” – Profa. Dra. Elisabete Castelon Konkiewitz (UFGD). Evento promovido por Ciências e Cognição.

.

Sobre a palestrante:

Graduada em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) em 1993 e doutora em Neurologia pela Technische Universität München (Alemanha) em 2002. Título de Especialista em Psiquiatria pela Associação Médica Brasileira e Associação Brasileira de Psiquiatria. Título de especialista em Neurologia pela Associação Médica Brasileira e Academia Brasileira de Neurologia. Desde 2008 professora associada da Faculdade de Ciências da Saúde (curso de Medicina) na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Foi docente na Universidade Estadual de São Paulo (UNESP) e na Universidade de Marília (UNIMAR). Docente em cursos de pós-graduação nas áreas de Saúde e Educação. Tem experiência nas áreas de transtornos de aprendizado, neurocognição,aspectos neuropsiquiátricos na infecção pelo HIV.

 

 

I Semana Arte+Ciência – 19 a 26/11/2016 – Rio de Janeiro

Do dia 19 a 26 de novembro de 2016, ocorrerá a I Semana Arte+Ciência, no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O evento é composto por múltiplas atividades que buscam atingir uma grande diversidade de público, tais como: professores do ensino básico, musicoterapeutas, e o público em geral. Todos com inscrição gratuita, mas com vagas limitadas e distintas para cada atividade.

Dentre as atividades que comporão a I Semana Arte+Ciência estão:

O prazo previsto para inscrições vai até o dia 15 de novembro de 2016, entretanto serão encerradas assim que o número de vagas oferecidas for atingido. Não haverá lista de espera, nem será possível a participação como “ouvinte” (participante não inscrito) nas atividades.

Mais informações informações sobre cada uma das atividades oferecidas poderão ser obtidas através do site www.cienciasecognicao.org/portal .

 

2016-10-cartaz-semana-arteciencia-ibccf

I Workshop Arte+Ciência e Inclusão – 19/11/2016 – Rio de Janeiro

cropped-arte-ciencia-inclusao-960x168

I Workshop Arte+ Ciências e Inclusão

Dia 19/11/2016, das 8h às 18h, na UFRJ (Ilha do Fundão), Rio de Janeiro – RJ

Inscrição Gratuita

Objetivos

  • Instrumentalizar professores e profissionais da educação e musicoterapia por meio de experiências musicais que possam auxiliar na inclusão de alunos autistas e /ou com dificuldades/ distúrbios específicos.
  • Realizar atividades em que o corpo experimente diferentes sensações.
  • Proporcionar atividades que auxiliem no desenvolvimento da coordenação motora; memória auditiva; movimento; lateralidade, percepção e conscientização rítmica e corporal; atenção, concentração; sensibilidade artística; sociabilização.
  • Trocar experiências com os profissionais participantes sobre o trabalho de inclusão de alunos que apresentem Transtorno do Espectro Autista (TEA), e/ou algum outro distúrbio de aprendizagem no contexto educacional formal e/ou em espaços não formais.
  • Proporcionar estratégias diferenciadas para adequar as atividades de acordo com as necessidades específicas.

Conteúdo Programático

Autismo; Neurociência, Arte e Criatividade; Educação Musical e Musicoterapia; Jogos de estimulação cognitiva; Atividades com estimulação sensorial; Jogos que estimulem a coordenação motora e corporal; Propriedades/ Parâmetros do Som (Timbre, Altura, Duração, Intensidade); Jogos e Brincadeiras com Pulsação e Ritmo (percepção e conscientização rítmica e corporal, movimento); Exploração de sons do ambiente, de objetos e instrumentos musicais; Jogos que estimulem a linguagem, a comunicação e a memória; Prática em conjunto usando o corpo, a voz e instrumentos musicais; Jogos que estimulem a socialização; Atividades que estimulem a audição, atenção e concentração.

Público-Alvo

Professores do ensino básico (fundamental e médio), especialistas em educação,  musicoterapeutas, alunos de graduação e pós-graduação (em música, musicoterapia e pedagogia). A didática do curso está orientada para o uso de recursos de áudio, não sendo recomendável para pessoas com deficiência auditiva.
No ato da inscrição, os interessados deverão anexar uma declaração da escola/instituição ou comprovante profissional de que trabalham na função da categoria de vagas para a qual solicitou inscrição. Serão indeferidas as inscrições sem documento comprobatório válido, sem possibilidade de nova submissão.

Programação

8h00 – Palestra sobre Autismo – Dr. Elisabete Castelon Konkiewitz.

8h30 – Palestra Neurociências, Artes e Criatividade – Dr. Alfred Sholl-Franco

9h00 – Apresentação da pesquisadora. Tópicos da Educação Musical e da Musicoterapia para a Inclusão de alunos. Mt. Liliam Ameal

9h15 – Atividade 1:  Aquecimento. (expressão, relaxamento corporal e sociabilização).

9h20 – Atividade 2: Ritmo e Expressão (percepção e conscientização rítmica e corporal, movimento, memória);

9h40 – Atividade 3: Passeando pelos nomes (estimulação cognitiva, memória, comunicação, linguagem);

10h00 – Atividade 4: Chocolate (propriedades do som; linguagem, memória, coordenação motora e corporal, ritmo, audição, atenção, concentração);

10h15 – Coffee break

10h30 –  Mt. Michele Senra – Experiência trabalhando música e musicoterapia com autistas.

10h40 – Atividade 5:  Sinos Musicais e Ukulelê (a utilização do Ukulelê e sinos musicais como recursos para estimular déficits no planejamento motor de crianças com autismo).

11h20 – Liliam Ameal. Atividade 6: Guli Guli (lateralidade, coordenação motora, concentração, pulso, ritmo, melodia, afinação, forma musical, parâmetros do som).

12h00 – Almoço

13h00 –  Ms.Thatiane Pires.  Música, som, movimento, inclusão!

13h15 – Atividade 7: Música e movimento (“noção de corpo no espaço físico, consciência corporal, desinibição, coordenação motora, noção de tempo, atenção, esquema corporal, tônus, equilíbrio e integração em grupo” Pires, 2016).

13h30 – Atividade 8:  Andar pela sala: (“pulsação, ritmo, noção de corpo no espaço físico, consciência corporal, comunicação visual, desinibição, coordenação motora, noção de tempo, atenção, esquema corporal, tônus, equilíbrio, agilidade de pensamento e decodificação, obediência a regras e integração em grupo” Pires, 2016).

13h45Líliam Ameal. Atividade 9: Jogo de mãos e copos: Canção Africana “Sansa Kroma” (estimulação sensorial, coordenação motora e corporal; parâmetros do som, percepção e conscientização rítmica e corporal, movimento, exploração de sons de objetos, linguagem, comunicação, memória, atenção, concentração, audição)

14h30 – Atividade 10: Sambalelê (prática em conjunto, musicalização, percepção corporal e rítmica, memória, atenção, concentração, audição, coordenação motora e corporal, movimento, comunicação, sociabilização).

15h00 – Coffee Break

15h15: Atividade 11: Dançando com o papel (experiência sensorial, audição, memória, percepção rítmica, movimento)

15h 30: Atividade 12: O corpo no Som (reconhecer o próprio corpo e os sons que ele pode produzir; experimentar, descobrir e inventar sons com o corpo; percepção auditiva; reconhecer timbres; movimentar-se para produzir sons; atenção, concentração e memória)

16h00: Atividade 13: Musiritmo (Timbres variados, memória auditiva, tocar em conjunto, reconhecer e acompanhar ritmos variados, atenção e concentração, habilidades cognitivas e de memória além da integração e interação entre os participantes).

16h15: Atividade 14: Criação Musical  (Criatividade, estimulação cognitiva, sensorial, motora, comunicação, linguagem, prática de conjunto, sociabilização).

17h00: Espaço para dúvidas, perguntas e trocas de experiências.

18h00: Fim do Workshop.

Equipe

Profa. Mt. Liliam Ameal (CPII e Mestranda IBQM/UFRJ)

Dr. Alfred Sholl-Franco (UFRJ)

Dra. Debora Henrique da Silva Anjos (UFRJ)

Docentes

Prof. Dr. Alfred Sholl-Franco  (UFRJ)

Profa. Dra. Elisabete Castelon Konkiewitz (UFGD)

Profa. Mt. Liliam Ameal (CPII e Mestranda IBQM/UFRJ)

Profa. Mt. Michele Senra

Profa. Ms. Thatiane Pires

Participantes

ADRIANA DE FREITAS PIMENTEL

BRUNA CAMPANA PEREIRA COSINE

CARLA MARÍLIA DOS SANTOS

CRISTIANE MARCELINO SANT’ANNA

ELISABETE CASTELON KONKIEWITZ

EMILENE MEDEIROS DO ALTO

ENILDA FERREIRA DA SILVA OLIVEIRA

JANAINA MARQUES LIMA

LUCIANA RODRIGUES DE SOUZA CARLOS

MARCELLE DE OLIVEIRA MARTINEZ

MARIA DO SOCORRO FORTES DE OLIVEIRA

PATRICIA NARCIZO DOS SANTOS

ROSA VALERIA VIEIRA

ROSALIE DA CUNHA AMORIM

SIMONE ALMEIDA PIMENTEL

SUZANA LEITE RODRIGUES

TANIA LACERDA DE BEM

THELMA NUNES TAETS

Registro Audiovisual

Hugo Rodrigues Marins

Joao Vitor Galo Esteves

Monitores

Bruna Aparecida Bernardes da Silva

Dennis Silveira Ribeiro

Matheus Fernandes Werner

Rodrigo da Silva Graca

Tabatha Avelar de Barros

Thais S. Oliveira

Victor Lima dos Santos

Vinicius Castro

LOCAL

UFRJ- Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ilha do Fundão. Avenida Carlos Chagas Filho, 373 – Cidade Universitária, Rio de Janeiro. Bloco G, CCS, Centro de Ciências da Saúde, sala G1-022. Auditório Herta Mayer. GoogleMaps: https://goo.gl/maps/N8trrtNhCPL2

Sete anos de atividades deo Museu Itinerante de Neurociências

14199706_10206646564184406_4584883820859686906_n

SETE ANOS DE ATIVIDADES DO MUSEU ITINERANTE DE NEUROCIÊNCIAS DIFUNDINDO E POPULARIZANDO AS NEUROCIÊNCIAS EM ESPAÇOS FORMAIS E NÃO FORMAIS DE ENSINO NOS MUNICIPIOS DO RIO DE JANEIRO E DA REGIÃO DO GRANDE RIO

Castro, V., Teixeira, L., Aranha, G., Anjos, D.H.S., Sholl-Franco, A.

Ciências e Cognição – Núcleo de Divulgação Científica e Ensino de Neurociências (CeC-NuDCEN), Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro/RJ

Introdução: As neurociências têm muito a contribuir para a sociedade na construção dos conhecimentos em nosso dia-a-dia. Neste sentido, o Museu Itinerante de Neurociências (MIN) foi criado em 2009 por Ciências e Cognição – Núcleo de Divulgação Científica e Ensino de Neurociências (CeC–NuDCEN), um projeto de extensão do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF) da UFRJ, em colaboração com a Organização Ciências e Cognição (OCC). Desde 2010 este projeto tem desenvolvido várias atividades relacionadas à divulgação e ensino de neurociências.

Objetivos: O objetivo deste trabalho é apresentar o resultado de 7 anos de atividades do MIN na difusão e popularização das neurociências para o público em geral, durante o Dia do Cérebro em espaços formais e não formais de ensino.

Métodos: O MIN leva aos municípios do Rio de Janeiro e da região do Grande Rio um conjunto de atividades práticas e palestras. As inscrições das escolas são realizadas online a partir de um edital específico (www.cienciasecognicao.org/min). Após preenchimento dos formulários é feita a seleção dos locais a serem visitados conforme  critérios estabelecidos e a programação de cursos e atividades para o ano seguinte é divulgada (10-15 ações/ano). As atividades começam com os cursos de formação de mediadores (fevereiro/março) e continuam com as atividades relacionadas ao Dia do Cérebro. Cada atividade é precedida por visitas técnicas, organização das oficinas, recrutamento de voluntários, treinamento e planejamento para o dia do evento. Desenvolvemos, durante a visita técnica, um mapa de distribuição das oficinas (20-25/evento) de acordo com a disponibilidade de espaço e respeitando uma sequência lógica entre os conteúdos a serem abordados. O recrutamento de voluntários é feito por e-mail, mídias sociais (sites/blogs/facebook) e material impresso (panfletos/cartazes). Os participantes selecionados são distribuídos nas oficinas buscando uma proximidade com sua área de conhecimento e um treinamento é oferecido antes do evento começar.

Resultados: Entre fevereiro de 2010 e maio de 2016 realizamos 83 ações, totalizando aproximadamente 39.614 participantes, em atividades realizadas nos municípios do Rio de Janeiro e da Região do Grande Rio. Temos tido um crescente número de participantes desde o inicio das ações, tendo alcançado entre 7.500 e 7.900 participantes nos últimos três anos.

Conclusão: Os resultados apresentados demonstram que a cada ano alcançamos um número maior de participantes (alunos do ensino básico e público em geral) nas ações promovidas pelo MIN e que a crescente demanda pelas atividades (superiores a 15 vezes nossa capacidade de realização de ações) reforça o grande interesse da população e, em particular, do público escolar, por informações sobre as neurociências e sua aplicação em nosso dia-a-dia.

Apoio Financeiro: OCC, FAPERJ, PROEXT MEC/SESU, PR-5/UFRJ.

2016-xxxi-fesbe-castro-et-al-min-painel

Está disponível online o Volume 20(2), de Ciências & Cognição

Ciências & Cognição - Vol. 20 (2), 2015O  periódico Ciências & Cognição (Cien. Cogn.) é a publicação científica oficial da Organização Ciências e Cognição (OCC) e Ciências e Cognição – Núcleo de Divulgação Científica e Ensino de Neurociência (CeC-NuDCEN, da UFRJ). Seu foco é o estudo da cognição e seus processos, a partir do olhar interdisciplinar estabelecendo um diálogo acadêmico entre as chamadas Ciências Cognitivas. Possui índice h5 = 6; Mediana h5 = 7. No QUALIS 2013-2016, Ciências & Cognição está presente na avaliação de vários comitês de avaliação, reforçando seu caráter interdisciplinar. As maiores avaliações são B1 em Letras/Linguística, Ciências Ambientais, Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo; B2 em Interdisciplinar, Psicologia, Educação, Ensino, Arquitetura, Urbanismo e Design; B3 em Filosofia, Enfermagem; B4 em Saúde Coletiva, e Medicina II; B5 em Biotecnologia, Nutrição, Engenharias II, Engenharias III, Ciência da Camputação, Química, C em Medicina I, Ciências Biológicas I, e Ciências Biológicas II

Aguarda a atualização da avaliação nos comitês a seguir, tendo sido sua última avaliação: B2 – Interdisciplinar, Planejamento Urbano e Regional, Demografia; B3 em: Ciências Sociais Aplicadas I, Artes e Música, História. B4 em: Saúde Coletiva, Odontologia, Sociologia, Arquitetura e Urbanismo; B5 em: Medicina I, Antropologia/Arqueologia, Engenharia IV, Educação Física, Letras/Linguística.

Acesso livre e gratuito: Ciências & Cognição

 

Anais do I Seminário BITS Ciência: os desafios da relação do audiovisual com a produção científica

Anais capaAnais do I Seminário BITS Ciência: os desafios da relação do audiovisual com a produção científica.

 

I Seminário BITS Ciência: os desafios da relação do audiovisual com a produção científica dá continuidade a uma estratégia de inserção na vida acadêmica que tem se revelado bastante produtiva quanto à troca de conhecimentos, aprofundamento de pesquisas e articulação entre projetos afins. Este trabalho foi iniciado há pouco mais de um ano, com a criação da revista eletrônica BITS Ciência, projeto de extensão realizado em parceria com a Unitevê e que visa a popularização da ciência, entre outros objetivos.

  • Denise Tavares da Silva & Renata Rezende Ribeiro (Orgs)
  • I.S.B.N.: 978-85-66768-06-0 Online
  • Cód. Barras: 9788566768060
  • Altura: 29,7 cm.
  • Largura: 21 cm.
  • Acabamento : PDF
  • Edição : 1a. Edição
  • País de Origem : Brasil
  • Idioma : Português
  • Número de Paginas : 54
  • Categoria: Divulgação Científica
  • DownloadAnais do I Seminário BITS Ciência – 2014

Chamada para o Fórum Arte com Ciência

No dia 26/10, Ciências e Cognição promove o Fórum Arte com Ciência, reunindo pesquisadores e interessados para discutir possíveis rumos, parcerias e convênios na área de interface dos campos da Arte, Ciências e Educação.

O encontro será de 10:00hs às 12:00hs, no Espaço Ciência Viva, na Tijuca, RJ. Haverá exposição brevíssima (5 a 10 minutos) dos projetos e/ou linha de pesquisa de cada membro da mesa-redonda para avançar logo em seguida com a discussão. Consistirá em duas rodadas de debate, cuja proposta é fazer um balanço de iniciativas em desenvolvimento e possibilidades de parcerias e ampliações para 2014, da seguinte forma:

  • Abertura – “Arte com Ciência: convergência e cooperação no ensino, pesquisa e extensão” –  (15 minutos)
  • Sessão 1 – “Perspectivas para o Desenvolvimento de um Plano Integrado de Ação envolvendo os temas Arte e Ciência” (45 minutos)
  • Sessão 2 – “Possibilidades artísticas e estéticas comprometidas com o saber científico” (45 minutos)
  • Encerramento – “Protocolo de Compromissos para 2014” (15 minutos)

Local: Espaço Ciência Viva (ECV), Av. Heitor Beltrão, 321 – Esquina de Rua Pareto. Praça Saens Pena – Tijuca, Rio de Janeiro – RJ. – Entrada Gratuita.

 

Fórum “Arte com Ciência” será em outubro no Espaço Ciência Viva

 

Semana Nacional de Ciência & Tecnologia (SNCT), que ocorrerá de 21 a 27 de outubro, contará com o Fórum “Arte com Ciência”. O evento busca, através de oficinas práticas e debates, discutir a relação entre artes e ciências no contexto educacional. Os debates se destinam a professores e profissionais da área, enquanto as oficinas se destinam ao público em geral, incluindo crianças e adolescentes.

O Fórum será gratuito e acontecerá no Espaço Ciência Viva, localizado na Rua Heitor Beltrão, 321 (esquina da Rua Pareto), na Praça Saens Peña, no dia 26/10/2013, das 10:00 às 17:00 horas.