Reunião do grupo de pesquisa NEUROEDUC – dia 08/04/19

Informamos que a próxima reunião do grupo de pesquisa NEUROEDUC será realizada no dia 08/04/2019 (segunda-feira), às 10:00, na sala G-015, do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), localizado no Centro de Ciências da Saúdes (CCS), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na Ilha do Fundão. O tema da reunião será a implementação do projeto do projeto RedENeuro.

II Workshop Cognição e Lógica: neurociências e matemática – 23/11/2017

Já está disponível o edital para as inscrições no II WORKSHOP COGNIÇÃO E LÓGICA. Este curso tem como objetivo ampliar os conhecimentos básicos e aplicados sobre neurociências e matemática, de forma a promover a introdução ou complementação dos conteúdos voltados para estes temas. Pretendemos complementar a formação acadêmica de professores de matemática e profissionais de sala de recursos multifuncionais, da graduação e de profissionais em diferentes áreas envolvidos na organização de eventos de divulgação científica nas áreas de neurociências e educação matemática através de atividades práticas em oficinas temáticas. Trabalharemos, ainda, a dinâmica de atuação de mediadores com o público em museus participativos, através da experiência de situações de ensino não-formal. As oficinas propostas poderão ser adaptadas e incrementadas pela intervenção ativa dos participantes, assim como outras poderão ser idealizadas e criadas.

O Workshop é fruto de uma parceria entre a Universidade Federal do Rio de JAneiro (UFRJ) e a Organização Ciências e Cognição (OCC).

Dia 23/11/2017 (Quinta-feira), no Rio de Janeiro.

Cargo-horária: 8h.

Mais Informações e inscrições em:  https://doity.com.br/ii-workshop-cognicao-e-logica – Vagas Limitadas (60 vagas).

MIN abre inscrição de voluntários para o “Dia do Cérebro” no dia 25/05/2017

O Museu Itinerante de Neurociências (MIN) abre inscrições para voluntários – Objetivo: realização do “Dia do Cérebro”, no C.E. Dr. Inácio Bezerra de Menezes. A ação será realizada no dia 25/05/2017, partindo pela manhã da UFRJ, em ônibus do projeto com destino ao Colégio Estadual e retorno à UFRJ no final da tarde.

Inscrições de Voluntários pelo site:https://www.doity.com.br/dia-do-cerebro-26052017-colegioestadualdoutorbezerrademenezes 

XI Curso de Formação Continuada em Neuroeducação – 23 a 27/01/2016

2014-panfleto-cfcn-okJá está disponível o Edital do XI Curso de Formação Continuada em Neuroeducação. A partir de 28/10/2016, estarão disponíveis as inscrições. Está será a 11a. edição do Curso de Formação Continuada em Neuroeducação. As vagas tem número limitado e público alvo específico. O Edital descreve todos os requisitos para inscrição, procedimentos e datas. As inscrições estarão abertas até que seja completado o número de vagas. Como nas edições anteriores, em face da procura elevada, não haverá ‘fila de espera’ ou prorrogação, tendo em vista que as vagas habitualmente encerram antes do término do período de inscrição.

Para acessar o Edital, CLIQUE AQUI.

 

I Workshop Cognição e Lógica – 26/11/2016 – Rio de Janeiro

I Workshop Cognição e Lógica

Dia 26/11/2016, das 8h às 18h, na UFRJ (Ilha do Fundão), Rio de Janeiro – RJ

Objetivos

  • Este curso tem como objetivo ampliar os conhecimentos básicos e aplicados sobre neurociências e matemática, de forma a promover a introdução ou complementação dos conteúdos voltados para estes temas. Pretendemos complementar a formação acadêmica de professores de matemática e profissionais de sala de recursos multifuncionais, da graduação e de profissionais em diferentes áreas envolvidos na organização de eventos de divulgação científica nas áreas de neurociências e educação matemática através de atividades práticas em oficinas temáticas. Trabalharemos ainda a dinâmica de atuação de mediadores com o público em museus participativos, através da experiência de situações de ensino não-formal. As oficinas propostas poderão ser adaptadas e incrementadas pela intervenção ativa dos participantes, assim como outras poderão ser idealizadas e criadas.

Conteúdo Programático

Este workshop apresenta aulas teóricas e práticas sobre o processo de desenvolvimento cognitivo da inteligência lógico matemática e através de atividades práticas da oficina Cognição e Lógica composta por 4 módulos lúdicos com jogos lógicos adaptados para deficientes visuais:
  • Desafio 1 – 2D: jogo Tangram;
  • Desafio 2 – 3D: jogo Cubo soma;
  • Desafio 3 – Sequência lógica: jogo Torre de Hanói;
  • Desafio 4 – Algoritmo: jogo Cubo Mágico.

Programa

08:00 – Apresentação do Curso – Equipe Organizadora

08:30 – Palestra Neurociências, Cognição e Criatividade – Dr. Alfred Sholl-Franco (UFRJ).

09:00 – Palestra Inteligência e Matemática – Profa. Kátia Machinez (SEEDUC/FAETEC)

09:30 – Atividade Prática: Desafio 1 – Quebra-cabeça 2D: Tangram – Profa. Kátia Machinez (SEEDUC/FAETEC)

10:00 – Coffee break

10:20 – Palestra Cognição e Lógica: Uma visão da matemática – Profa. Kátia Machinez (SEEDUC/FAETEC)

11:00 – Atividade Prática: Desafio 2 – Quebra-cabeça 3D: Cubo Soma – Profa. Kátia Machinez (SEEDUC/FAETEC)

12:00 – Almoço

13:30 – Palestra Congição, Emoção e Motivação – Profa. Kátia Machinez (SEEDUC/FAETEC)

14:00 – Atividade Prática: Desafio 3 – Sequência Lógica: Torre de Hanói – Profa. Kátia Machinez (SEEDUC/FAETEC)

15:00 – Coffee Break

15:20 – – Atividade Prática: Desafio 4 – Algorítmo: Cubo Mágico – Profa. Kátia Machinez (SEEDUC/FAETEC)

17h00 – Final do Curso

Público-Alvo

Professores de Matemática do Ensino Básico (Fundamental e Médio) e Profissionais de Sala de Recursos Multifuncionais.

Equipe

Participantes

Carla Machinez Palmeiras

Carla Marilia dos Santos

Jacyra da Costa Brazao

Joao Pedro Morgado Alves

Larissa Mattos Feijó

Marcus Vinicius Angelo Reis

Maria Concetta Centola

Patricia Mello Bittencourt

Suzana Leite Rodrigues

Wanderson Douglas Lomenha Pereira

Monitores

Arthur FredericoMello Neto

Carla Machinez Parreiras

Eduarda Cavalcante S. Braga

Esther Faria

Gabriela Delaqua

Karinne Nunnes Brandao

Lorraine Garcia Silva dos Santos

Luca Freitas da Costa Duque

Raphael Cardoso de Almeida

Registro Audiovisual

Hugo Rodrigues Marins

Joao Vitor Galo Esteves

Local

UFRJ- Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ilha do Fundão. Avenida Carlos Chagas Filho, 373 – Cidade Universitária, Rio de Janeiro. Bloco G, CCS, Centro de Ciências da Saúde, sala G1-022. Auditório Herta Mayer. GoogleMaps: https://goo.gl/maps/N8trrtNhCPL2

Inscrições

  • 19 de outubro a 24 de novembro de 2016
  • INSCRIÇÕES ENCERRADAS.

 

Sete anos de atividades deo Museu Itinerante de Neurociências

14199706_10206646564184406_4584883820859686906_n

SETE ANOS DE ATIVIDADES DO MUSEU ITINERANTE DE NEUROCIÊNCIAS DIFUNDINDO E POPULARIZANDO AS NEUROCIÊNCIAS EM ESPAÇOS FORMAIS E NÃO FORMAIS DE ENSINO NOS MUNICIPIOS DO RIO DE JANEIRO E DA REGIÃO DO GRANDE RIO

Castro, V., Teixeira, L., Aranha, G., Anjos, D.H.S., Sholl-Franco, A.

Ciências e Cognição – Núcleo de Divulgação Científica e Ensino de Neurociências (CeC-NuDCEN), Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro/RJ

Introdução: As neurociências têm muito a contribuir para a sociedade na construção dos conhecimentos em nosso dia-a-dia. Neste sentido, o Museu Itinerante de Neurociências (MIN) foi criado em 2009 por Ciências e Cognição – Núcleo de Divulgação Científica e Ensino de Neurociências (CeC–NuDCEN), um projeto de extensão do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF) da UFRJ, em colaboração com a Organização Ciências e Cognição (OCC). Desde 2010 este projeto tem desenvolvido várias atividades relacionadas à divulgação e ensino de neurociências.

Objetivos: O objetivo deste trabalho é apresentar o resultado de 7 anos de atividades do MIN na difusão e popularização das neurociências para o público em geral, durante o Dia do Cérebro em espaços formais e não formais de ensino.

Métodos: O MIN leva aos municípios do Rio de Janeiro e da região do Grande Rio um conjunto de atividades práticas e palestras. As inscrições das escolas são realizadas online a partir de um edital específico (www.cienciasecognicao.org/min). Após preenchimento dos formulários é feita a seleção dos locais a serem visitados conforme  critérios estabelecidos e a programação de cursos e atividades para o ano seguinte é divulgada (10-15 ações/ano). As atividades começam com os cursos de formação de mediadores (fevereiro/março) e continuam com as atividades relacionadas ao Dia do Cérebro. Cada atividade é precedida por visitas técnicas, organização das oficinas, recrutamento de voluntários, treinamento e planejamento para o dia do evento. Desenvolvemos, durante a visita técnica, um mapa de distribuição das oficinas (20-25/evento) de acordo com a disponibilidade de espaço e respeitando uma sequência lógica entre os conteúdos a serem abordados. O recrutamento de voluntários é feito por e-mail, mídias sociais (sites/blogs/facebook) e material impresso (panfletos/cartazes). Os participantes selecionados são distribuídos nas oficinas buscando uma proximidade com sua área de conhecimento e um treinamento é oferecido antes do evento começar.

Resultados: Entre fevereiro de 2010 e maio de 2016 realizamos 83 ações, totalizando aproximadamente 39.614 participantes, em atividades realizadas nos municípios do Rio de Janeiro e da Região do Grande Rio. Temos tido um crescente número de participantes desde o inicio das ações, tendo alcançado entre 7.500 e 7.900 participantes nos últimos três anos.

Conclusão: Os resultados apresentados demonstram que a cada ano alcançamos um número maior de participantes (alunos do ensino básico e público em geral) nas ações promovidas pelo MIN e que a crescente demanda pelas atividades (superiores a 15 vezes nossa capacidade de realização de ações) reforça o grande interesse da população e, em particular, do público escolar, por informações sobre as neurociências e sua aplicação em nosso dia-a-dia.

Apoio Financeiro: OCC, FAPERJ, PROEXT MEC/SESU, PR-5/UFRJ.

2016-xxxi-fesbe-castro-et-al-min-painel

X Curso de Formação Continuada em Neuroeducação – 25 a 29 de janeiro 2016

1469774_709372565739426_977927809_nEDITAL

X CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA EM NEUROEDUCAÇÃO

 VAGAS ESGOTADAS

1. REALIZAÇÃO:

Organização Ciências e Cognição (OCC) e Ciências e Cognição – Núcleo de Divulgação Científica e Ensino de Neurociências (CeC-NuDCEN), Sala G0-015, Bloco G, Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), Centro de Ciências da Saúde (CCS), Av. Carlos Chagas Filho, 373, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Ilha do Fundão, Rio de Janeiro, CEP 21.941-902, RJ.

2. LOCAL DE REALIZAÇÃO DO CURSO:

Auditório Hertha Meyer – Sala G1-022, Bloco G, IBCCF, CCS, Av. Carlos Chagas Filho, 373, UFRJ, Ilha do Fundão, Rio de Janeiro, CEP 21.941-902, RJ.

3. PERÍODO DO CURSO:

25 a 29/01/2016 – das 08:00 às 17:30. (OBS: A EMISSÃO DE CERTIFICADOS PELA ORGANIZAÇÃO CIÊNCIAS E COGNIÇÃO ESTARÁ SUJEITA À FREQUÊNCIA IGUAL OU SUPERIOR A 80% DA CARGA HORÁRIA PRESENCIAL – 40H)

 4. OBJETIVO:

Este curso tem por objetivo a formação continuada e complementação acadêmica dos participantes, na área de neuroeducação, contribuindo para a difusão do conhecimento desenvolvido no meio acadêmico-científico entre os profissionais da educação básica e de áreas relacionadas (agentes mediadores do processo ensino-aprendizagem). Visa, ainda, a promoção de uma maior comunicação entre os profissionais do ensino básico com pesquisadores.

 5. PÚBLICO ALVO:

Profissionais graduados, que atuam nos processos de ensino e aprendizagem na rede de ensino básico, incluindo profissionais autônomos que atuem direta ou indiretamente com a área de educação (por exemplo, pedagogos, psicólogos, psicopedagogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, dentre outros) em todo o Brasil. Não serão aceitas inscrições de interessados que ainda estejam se graduando, uma vez que este curso é de formação continuada.

 6. PRÉ-REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO NO CURSO:

  • Ser graduado.
  • Atuar nos processos de ensino e aprendizagem na rede de ensino básico, incluindo profissionais autônomos que atuem direta ou indiretamente com a área de educação (por exemplo, pedagogos, psicólogos, psicopedagogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, dentre outros).

 7. NUMERO DE VAGAS:  VAGAS ESGOTADAS

Serão oferecidas 60 vagas através deste edital, as quais serão preenchidas pela ordem de inscrição e após confirmação, por parte dos candidatos, dos pré-requisitos no prazo estabelecido neste edital

 8. INSCRIÇÕES: VAGAS ESGOTADAS

Leia com atenção as etapas para realizar sua inscrição no curso e observe o prazo máximo para envio da documentação completa. Apenas após analise da documentação enviada você receberá a confirmação de sua inscrição.

Etapas:

8.1 – Preencher a FICHA DE INSCRIÇÃO DO CURSO, disponível através do link http://goo.gl/1XznDD e que estará disponível de 26/10/2015 a 14/12/2015.

8.2 – Efetuar o pagamento da taxa de material no valor de R$ 220,00 (duzentos e vinte reais), através do serviço online PagSeguro no link http://www.cienciasecognicao.org/portal/?p=3165. A FORMA DE PAGAMENTO PODERÁ SER: PELA GERAÇÃO DE BOLETO BANCÁRIOS (TAXA ADICIONAL DE R$1,00), DÉBITO BANCÁRIO OU CARTÃO DE CRÉDITO. OUTRAS FORMAS DE PAGAMENTO NÃO SERÃO CONSIDERADAS.

8.3 – Enviar, para o e-mail cfcn@cienciasecognicao.org, no prazo máximo de 5 dias após a realização das etapas anteriores, os seguintes documentos digitalizados:

  • Cópia do comprovante de pagamento da taxa de material emitido pelo PagSeguro.
  • Cópia da comprovação de vínculo com a Educação Básica (declaração da escola/instituição de ensino ou educação, ou cópia do último contra cheque ou ato de investidura), quando se aplicar. No caso de profissional liberal que atue no contexto educacional é necessário registro no conselho da classe ou declaração da instituição de vinculo.
  • Cópia do documento de identidade (RG).
  • Cópia do CPF.
  • Cópia do comprovante de escolaridade (diploma, certificado ou declaração de conclusão do curso de graduação).

RESUMO PARA REALIZAÇÃO DA INSCRIÇÃO:

OBS: A CONFIRMAÇÃO DA INSCRIÇÃO ESTARÁ CONDICIONADA AO ENVIO DE TODOS OS DOCUMENTOS DESCRITOS ACIMA NO PRAZO ESTABELECIDO.

 9. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

  • Caminhos da Neuroeducação. O que é neuroeducação e como as neurociências podem contribuir para a educação? Quais possíveis áreas de atuação dentro da neuroeducação? Como a neuroeducação pode contribuir no cotidiano escolar? Mitos, verdades e oportunismos.
  • Desenvolvimento do Sistema Nervoso e Períodos Críticos. Desenvolvimento das principais estruturas do sistema nervoso (caracterização anatomo-funcional). Relação entre fases do desenvolvimento neural com as fases de desenvolvimento propostas por teóricos da educação, assim como a reflexão da justificativa de organização do conteúdo escolar. Existem períodos críticos e janelas de oportunidades? Formação e modelagem de esquemas cognitivos e sua relação com desenvolvimento e idade do aprendiz.
  • Corporeidade: Sensações e Movimento. Importância dos órgãos sensoriais como detectores de informação ambiental. Percepção, planejamento e execução das respostas. Diferentes tipos de percepções, imaginação, criatividade e interpretação dentro do contexto escolar e como estes fenômenos interferem no processo ensino-aprendizagem. Integração sensório-motora e o processamento de informações pelo sistema nervoso. Os movimentos e a exteriorização de comportamentos.
  • Aprendizagem, Atenção e Memória. Relação entre os processos de aprendizagem, atenção e memória. Aprender “o que”, “como” e “para que”? Atenção, motivação e a aprendizagem. Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e a atenção sustentada. Principais processos de formação de memória dentro do contexto escolar. Importância do esquecer para aprender. Métodos de memorização e aprendizagem mecânica. Aprendizagem de modo significativo.
  • Cognição: Inteligências, Raciocínio e Linguagem. Raciocínio, habilidades e inteligências. Conhecimento e cognição. Linguagem: aquisição e uso. Características da linguagem, narrativa e cognição.
  • Distúrbios de Aprendizagem. Identificação e características morfofuncionais dos principais distúrbios encontrados no ambiente escolar: dislexia, TDAH, etc.
  • Sono, Ritmos Biológicos e Aproveitamento Escolar. Ritmos biológicos e o funcionamento do organismo. Características do sono e sua importância para o rendimento físico e mental. Rendimento cognitivo/físico e os ritmos escolares. Tipos e características dos dormidores. Organização dos turnos escolares e os ritmos biológicos.
  • Aulas Práticas Demonstrativas. Relatos de experiências e atividades desenvolvidas em sala da aula no ensino básico.

10. CARGA HORÁRIA DO CURSO:

40 horas presenciais.

 11. DOCENTES:

  • Prof. Alfred Sholl-Franco (OCC; CeC-NuDCEN/IBCCF/UFRJ).
  • Profa. Anna Carolina Miguel de Almeida Rocha (OCC; CeC-NuDCEN/UFRJ e Grupo DESPERTA).
  • Profa. Camila Marra (Colégio Pedro II; OCC; CeC-NuDCEN/IBCCF/UFRJ).
  • Prof. Fabrício Bruno Cardoso (Fasfi; OCC; CeC-NuDCEN/IBCCF/UFRJ; UERJ).
  • Profa. Talita da Silva de Assis (OCC; CeC-NuDCEN/IBCCF/UFRJ; CIEP 178 João Saldanha/SEEDUC-RJ).

 

CRONOGRAMA X CFCN
Período de Inscrição 26/10/2015 a 14/12/2015
Realização do X CFCN 25 a 29/01/2016

 

12. ORGANIZAÇÃO GERAL:

  • Prof. Dr. Alfred Sholl-Franco, OCC e UFRJ.
  • Profa. Talita da Silva de Assis, OCC e Secretaria de Estado de Educação – Rio de Janeiro (SEEDUC-RJ).

13. CONTATOS:

  • Tel.: +55-21-982431747 / +55-21-987430444.
  • E-mail: cfcn@cienciasecognicao.org.
  • Webpage: http://www.cienciasecognicao.org.
  • Skype: CeC-NuDCEN Curso de Neuroeducação.

Neuroeduc discutiu Aprendizagem Significativa

No dia 03/06, o tema “A Teoria da Aprendizagem Significativa: Contribuições para o Ensino e a Pesquisa sobre o Ensino” foi apresentado e discutido no grupo de estudos Neuroeduc (Núcleo de Estudos em Neurociências e Educação), de Ciências e Cognição. A apresentação foi conduzida pela Profa. Talita da Silva de Assis (integrante do grupo e do Geas – Fiocruz).

Neurociências Aplicadas a EducaçãoO ponto de partida foi a a compreensão dos conceitos básicos e propostas da Teoria da Aprendizagem Dignificativa (TAS) e suas possíveis contribuições para a prática e para a pesquisa na área de Educação e afins. Participaram da reunião os integrantes do Neuroeduc: Alfred Sholl, Glaucio Aranha, Talita da Silva de Assis, Mariza Sodré, Fabiana Villaça, bem como ouvintes externos. As reuniões do Neuroeduc são abertas para a participação de ouvintes e o calendário das reuniões é divulgado através da pagina do Neuroeduc.

Reunião do Neuroeduc – 03/07/2015 – Tema: A Teoria da Aprendizagem Significativa: Contribuições para o Ensino e a Pesquisa sobre o Ensino (Talita Assis)

03/07/2015: das 10:00 às 12:00h (sexta-feira) – G1-030

  •  Apresentador: Talita da Silva de Assis (Geas- Fiocruz, CeC-NuDCEN e SEEDUC)
  • Tema: A Teoria da Aprendizagem Significativa: Contribuições para o Ensino e a Pesquisa sobre o Ensino
  • Resumo: A Teoria da Aprendizagem Significativa proposta por David Ausubel, em 1963, é uma abordagem pedagógica com viés construtivista voltada para o ensino, o que a torna totalmente atual. Sua ênfase sobre a importância em conhecer o que o aluno sabe para então organizar o ensino em função disso, chama a atenção para cuidados que a principio podem parecer pouco importantes, mas cuja ausência tem contribuído para prejuízos no processo de ensino-aprendizado no cenário educacional brasileiro. Além disso, Ausubel mostra que aprender é uma co-responsabilidade de alunos e professores. O primeiro deve ter intenção de aprender significativamente, ou seja, fazer interações substantivas, não-literais e não-arbitrárias com o conhecimento a ser aprendido; e ao professor cabe dominar sua área de ensino, selecionando conceitos estruturantes, organizando materiais potencialmente significativos a partir dos conhecimentos prévios de seus alunos, compartilhando significados e buscando evidências de que está ocorrendo a aprendizagem significativa. Por se tratar de uma teoria de ensino, a Aprendizagem Significativa também se apresenta como um referencial interessante a ser adotado na formação de pesquisadores na área de ensino e análises relacionadas.

Reunião do NeuroEduc – Dia 03/07/2015 – Tema: A Teoria da Aprendizagem Significativa – Contribuições para o Ensino e a Pesquisa sobre o Ensino

A próxima reunião do Neuroeduc (Centro de Estudos em Neurociências e Educação) acontecerá no dia 03/07/2015, no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), Centro de Ciências da Saúde (CCS), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na Ilha do Fundão, das 10:00 às 12:00, na sala C1-002 (Tutoria), bloco C.

  • Tema: A Teoria da Aprendizagem Significativa: Contribuições para o Ensino e a Pesquisa sobre o Ensino
  • Resumo: A Teoria da Aprendizagem Significativa proposta por David Ausubel, em 1963, é uma abordagem pedagógica com viés construtivista voltada para o ensino, o que a torna totalmente atual. Sua ênfase sobre a importância em conhecer o que o aluno sabe para então organizar o ensino em função disso, chama a atenção para cuidados que a principio podem parecer pouco importantes, mas cuja ausência tem contribuído para prejuízos no processo de ensino-aprendizado no cenário educacional brasileiro. Além disso, Ausubel mostra que aprender é uma co-responsabilidade de alunos e professores. O primeiro deve ter intenção de aprender significativamente, ou seja, fazer interações substantivas, não-literais e não-arbitrárias com o conhecimento a ser aprendido; e ao professor cabe dominar sua área de ensino, selecionando conceitos estruturantes, organizando materiais potencialmente significativos a partir dos conhecimentos prévios de seus alunos, compartilhando significados e buscando evidências de que está ocorrendo a aprendizagem significativa. Por se tratar de uma teoria de ensino, a Aprendizagem Significativa também se apresenta como um referencial interessante a ser adotado na formação de pesquisadores na área de ensino e análises relacionadas.
  • Apresentação: Talita da Silva de Assis (Geas- Fiocruz, CeC-NuDCEN e SEEDUC)

A reunião visa apresentar e discutir temas relacionados com as pesquisas em andamento nos Grupos de Trabalho (GT), do Neuroeduc, sendo destinadas aos pesquisadores e associados de Ciências e Cognição, mas aberta para participação como ouvinte do público externo. Para o público externo, enviar e-mail com antecedência de no mínimo 24 horas, informando o desejo de participar para cecnudcen@cienciasecognicao.org, tendo em vista o número limitado de assentos. Não há emissão de certificados ou declarações de participação.