Resultado da V Olimpíada Brasileira de Neurociências (OBN) – 2017

Após dois dias de provas, a V Olimpíada Brasileira de Neurociências (OBN) chegou ao fim, tendo como resultado final:

  • Hellen Valério Chagas (1a Colocada – Comitê do Rio de Janeiro)
  • Nicolas Yamada (2o Colocado – Comitê de São Paulo)
  • Isabelle da Silva dos Santos (3a Colocada – Comitê de Brasília).

Esta edição da OBN teve como Coordenadores Alfred Sholl-Franco e Ingrid Moura. Após ter sido realizada nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, a competição nacional de 2017 foi realizada em São Fidélis, e durou dois dias, contando com provas de:

  • neuroanatomia,
  • neurohistologia,
  • neurociências básicas e aplicadas,
  • clínica neurofuncional (diagnóstico clinico).

As provas foram compostas por avaliações objetivas, quiz e perguntas discursivas (Live Questions).

No segundo dia, os participantes puderam relaxar com atividade cultural (Declamação de Poesias), com Geraldo Evangelista Chocolate e Thiago Yuri, antes do encerramento da competição e premiação dos primeiros colocados.

A ação é promovida pela Organização Ciências e Cognição (OCC) e pelo projeto de extensão ‘Ciências e Cognição – Núcleo de Divulgação Científica e Ensino de Neurociências (CeC-NuDCEN), do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), da UFRJ, contando com o apoio institucional da Pró-Reitoria de Extensão  da UFRJ e do Grupo CENSUPEG.

Agradecemos em especial às coordenação e direção do Grupo Centro Sul-Brasileiro de Pesquisa, Extensão e Pós GraduaçãoCENSUPEG / Faculdade FASFI e à Secretária de Educação de São Fidélis por acolher a OBN, na edição de 2017, e estimular as olimpíadas de conhecimentos. Acompanhe as Olimpíada Brasileira da Neurociências através do sítio www.cienciasecognicao.org/brazilianbrainbee.

Olimpíadas de Neurociências e Curso de Verão de Ciências e Cognição no “Neuroscience 2013”

A edição local, nacional e internacional das Olimpíadas de Neurociências e o Curso de Verão promovido por Ciências e Cognição foram apresentados durante o “Neuroscience 2013″. O evento, que em 2013 está na 43º edição, é da Society for Neuroscience,  maior organização de cientistas e médicos dedicados a entender o cérebro e o sistema nervoso. Ocorreu entre 9 e 13 de novembro em San Diego, Califórnia e buscou desvendar novas ferramentas que otimizassem e desenvolvessem o conteúdo científico de maneira geral, através de parcerias entre os profissionais que o integram, por exemplo.

Confira abaixo tradução alternativa do pôster apresentado:

Incentivando as neurociências no ensino médio: relato sobre o II Curso de Verão em Neurociências no Rio de Janeiro e a I Olimpíada de Neurociências no Brasil

  •  Sobre a Brazilian Brain Bee

Olimpíadas de Neurociências (“Brain Bees”) são competições de neurociências para estudantes de ensino médio com idade entre 14 e 19 anos, e ocorrem internacionalmente desde 1998. Este ano, tivemos a primeira edição brasileira, resultado da criação de um comitê local. As competições de neurociências locais são a primeira pré-eliminatória para a nacional. São realizadas ao longo do ano, porém na maioria das vezes acontecem entre janeiro e abril (antes da Olimpíada Brasileira de Neurociências, que ocorre entre maio e agosto).

Esses campeonatos locais são patrocinados por organizações como universidades, faculdades,  museus, associações científicas, entre outros. O vencedor de cada competição local é convidado a participar da Olimpíada Nacional de Neurociências, que é a etapa classificatória para a Competição Internacional de Neurociências (Internacional Brain Bee – IBB). Os torneios exploram tópicos como inteligência, memória, emoções, estresse, envelhecimento, sono e doenças neurológicas.

  •  Curso de Verão em Neurociências

Candidatos e supervisores foram convidados a participar do II Curso de Verão em Neurociências no Rio de Janeiro (02/03/2013), numa plateia composta por indivíduos a partir dos 14 anos, e que foi localizada no Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), contando com participação de professores de diferentes instituições. Os candidatos selecionados integraram, durante um sábado inteiro, aulas teóricas e práticas, tratando de diversos aspectos das neurociências básicas e aplicadas. O público alvo do curso é composto por estudantes de ensino médio, graduandos, graduados, profissionais da área e indivíduos em geral. Mais informações: cienciasecognicao.org/riobrainbee/curso-de-verao/ii-curso-de-verao-em-neurociencias-02032013

  • Equipe de professores do II Curso de Verão em Neurociências              

-Prof. Dr. Alfred Sholl-Franco (IBCCF/UFRJ);

-Prof. Clynton Corrêa (Faculdade de Medicina/UFRJ);

-Profª Drª Jane Faria (ICB/UFRJ);

-Profª Drª. Adriana da Cunha Faria Melibeu (Neurobiologia/UFF);

-Prof. Dr. Gláucio Aranha (OCC).

  •  Voluntários

-Anna Rachel de Souza Ferra;

-Charmene Sampaio;

-Elizabeth Cherman;

-Fabrício Bruno Cardoso;

-Tatiana Maia Barreto.

  • Jurados

A I Olimpíada Brasileira de Neurociências foi realizada por uma equipe de jurados profissionais das neurociências:

-Drª Adriana Faria Melibeu (UFF);

-Dr. Alfred Sholl-Franco (UFRJ);

-Drª Jane Faria (UFRJ);

-Dr. Norberto Coimbra (USP);

-Drª Tatiana T. Felippotti (USP).

  • A competição

O Comitê Nacional, coordenado pelo professor Alfred Sholl-Franco (IBCCF/UFRJ), é composto por um grupo de especialistas de diferentes áreas da neurociência. A competição nesse nível é formada por um conjunto de 100 perguntas abertas e de múltipla escolha, divididas em 5 categorias (neuroanatomia prática, neurohistologia, neurofisiologia e neurociência básica e aplicada), conforme indicado pelo Comitê Internacional.

  • Olimpíada Brasileira de Neurociências

As olimpíadas de neurociências mostram quão importante é o conteúdo científico para estudantes do ensino médio, motivando a juventude a aprender sobre as ciências do cérebro sob diferentes perspectivas (humana, tecnológica e biológica), tanto no nível básico quanto no aplicado, bem como desperta vocações.

  • Competidores e resultados

Os vencedores das edições locais das Olimpíadas competiram na fase nacional: Tiago Lubiana Alves (1º lugar – Rio de Janeiro/RJ); Renato da Silva Cardoso (2º lugar – Ribeirão Preto/SP) e Tatiana Slope Valle (3º lugar – Juiz de Fora/MG).

O estudante Tiago Lubiana Alves do Colégio São Vicente de Paulo (Rio de Janeiro), foi o campeão da I Olimpíada Brasileira de Neurociências (cienciasecognicao.org/brazilianbrainbee). Ele conquistou o 4º lugar na edição de 2013 da International Brain Bee, durante o 21º Congresso Mundial de Neurologia (World Congresso of Neurology), em Viena, Áustria (entre 22 e 24 de setembro).

  • Material de estudo

O material de estudo é baseado em três publicações: “Brain Facts” (“Fatos do Cérebro”), publicado pela Society for Neuroscience (www.sfn.org); “Neuroscience: Science of the Brain” (“Neurociência: Ciência do Cérebro”), publicado por The British Neuroscience Association (Copyright 2003, tradução 2007 por John Malva, Instituto de Bioquímica, Faculdade de Medicina, Universidade de Coimbra, Portugal) e “Neuroscience: Exploring the Brain” (2006) (“Neurociência: Explorando o Cérebro”), por Mark F. Bear Barry W Connors e Michael A. Paradiso, editora: Lippincott Willians and Wilkins; 3ª edição.

  • Comitês Locais

As competições locais são coordenados por comitês locais (mesa). Para maiores informações sobre como iniciar um novo comitê, por favor visite nosso website em cienciasecognicao.org/brazilianbrainbee ou nos envie um e-mail: brazilianbrainbee@gmail.com

  • Patrocinadores

A Olimpíada Brasileira de Neurociências é patrocinada por indivíduos (Dr. Alfred Sholl-Franco e Dr. Gláucio Aranha Barros) e as seguintes instituições: Organização Ciências e Cognição (OCC), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) e Centro Transdisciplinar para Saúde e Desenvolvimento do Aprendiz (AWAKE).

Veja abaixo o cartaz:

Clique sob a imagem para melhor visualização.

Clique sob a imagem para melhor visualização.

 

 

Competidor brasileiro conquista 4º lugar na “International Brain Bee”

Encerrou-se no dia 24 de setembro a 15º edição da International Brain Bee, competição estrangeira de neurociências. O objetivo é motivar jovens a aprender sobre o cérebro humano, bem com incentivá-los a seguir carreira na Neurociência, na Psicologia, na Neurologia e demais campos relacionados.

Além do Brasil, o evento contou com mais 16 países participantes: Alemanha, Austrália, Canadá, China, Cingapura, Coreia do Sul, Emirados Árabes, Estados Unidos, Índia, Itália, Macau, Malásia, Nova Zelândia, Quênia, Romênia e Ucrânia.  Já em sua primeira participação, nosso País alcançou honroso quarto lugar com Tiago Lubiana Alves.

Ocorrida entre 22 e 25 de setembro em Viena, Áustria, a Olimpíada incluiu atividades como um workshop com cérebros humanos, tours por laboratórios de pesquisa e demonstrações ao vivo das tecnologias mais avançadas relacionadas aos estudos de neurociências e neurologia. Além disso, esta edição contou com o “Patient Partner Program”, em que cada estudante era acompanhado por um paciente que sofria de alguma doença neurológica. O parceiro do vencedor da competição receberia um prêmio no valor de $500.

Tiago se classificou para a etapa internacional após ter vencido a I Olimpíada Brasileira de Neurociências e anteriormente, a I Olimpíada de Neurociências do Rio de Janeiro. Parabéns a ele!

Confira abaixo a lista final de classificação:

1     Jackson Huang, Austrália
2     Giulio Deangeli, Itália
3     Jiantao Shen, Nova Zelândia
4     Tiago Lubiana Alves, Brasil
5     Alexandra Madalina Robu, Romênia
6     Peter Sung Hyun Kang, Coreia do Sul
7     Emily Ruan, Estados Unidos
8     Aditya Narayan, Índia
9     Mani Hemaprashaad, Cingapura
10   Madhur Singal, Emirados Árabes
11   Sharon XiaoBo Yang, Canadá
12   Iryna Repetylo, Ucrânia
13   Lukas Schick, Alemanha
14   Cindy Lo Chi Cheng, Macau
15   Sun Ziwen, China
16   Megat Shahrul Imran Ismail, Malásia
17   Fiona Mutanu Mutetei, Quênia

 

competidores

Competidores de cada país. Na ponta esquerda, Tiago Lubiana Alves.