O USO DE METÁFORAS E METONÍMIAS POR PACIENTES ESQUIZOFRÊNICOS À LUZ DA LINGUÍSTICA COGNITIVA

Marcus Lepesqueur, Rodrigo Vianna de Almeida, Luiz Filipe Mazzingly Silva, Adriana Maria Tenuta

Resumo


Boa parte da literatura psiquiátrica até o final do século XX sugeriu déficits de produção e compreensão metafóricas por parte dos pacientes com esquizofrenia; portanto, passou-se a atribuir o “concretismo” como um sintoma característico dessa condição clínica. Porém, com os estudos da Linguística Cognitiva, passou-se a compreender que a linguagem humana é, por natureza, metafórica. Neste trabalho, a teoria da Metáfora Conceptual é apresentada a fim de se analisar a produção da linguagem figurativa na fala de cinco pacientes diagnosticados com esquizofrenia. Os procedimentos de análise utilizados foram: o Procedimento de Identificação de Metáforas; o Metaphor Annotation for Source-Target Domain Mappings e a conseguinte conclusão qualitativa de trechos identificados como conotativos. Os resultados revelaram que os pacientes com esquizofrenia produziram tanto metáforas, como metonímias conceptuais. Conclui-se que, sendo a linguagem fruto da cognição que se estabelece na interação com uma cultura, a fala de esquizofrênicos revela a cognição metafórica e metonímica esperada de populações às quais não se atribui concretismo. Este trabalho, portanto, sugere modos de se repensarem tais aspectos semiológicos da esquizofrenia levando-se em conta discussões da Linguística Cognitiva.

Palavras-chave


esquizofrenia; concretismo; linguagem figurativa; linguística cognitiva

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




____________

Endereço postal

Ciências e Cognição
A/C Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Sala G0-015, Bloco G, Centro de Ciências da Saúde.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Av. Carlos Chagas Filho S/N - Cidade Universitária
Ilha do Fundão - Rio de Janeiro, RJ 21.941-902, Brasil.

Contato Principal

Editors (Dr. Glaucio Aranha / Dr. Alfred Sholl-Franco)
Ciências e Cognição - Editors-in-chief

Ciências & Cognição
A/C Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Sala G0-015, Bloco G, Centro de Ciências da Saúde.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Av. Carlos Chagas Filho S/N - Cidade Universitária
Ilha do Fundão - Rio de Janeiro, RJ 21.941-902, Brasil.

E-mails:

revista@cienciasecognicao.org (principal)
cienciasecognicao@gmail.com (alternativo)


E-mail: revista@cienciasecognicao.org

Contato de Suporte

Comunication Office
E-mail: revista@cienciasecognicao.org