TREINAMENTO COGNITIVO DE IDOSOS COM USO DE JOGOS ELETRÔNICOS: UM ESTUDO DE CASO

Autores

  • Sabrina Martins Barroso Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • José Humberto Curtiço Júnior Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Dennis Gabiatti Lopes Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Fernanda Esteves Pereira Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Juliana Machado Ruiz Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Palavras-chave:

treinamento, idosos, memória, jogos eletrônicos, videogame

Resumo

A tecnologia dos jogos eletrônicos vem ganhando espaço em áreas como educação e saúde e se destacando como intervenção eficiente no desenvolvimento de funções cognitivas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a efetividade de um treinamento cognitivo para memória e atenção com idosos saudáveis de uma cidade de Minas Gerais. Método: Quatro idosas de um grupo de universidade para a terceira idade foram avaliadas quanto a atenção e memória e depois submetidas a um treinamento por 8,5 semanas utilizando jogos eletrônicos. Em seguida foram reavaliadas. A análise de dados utilizou o teste de Wilcoxon para amostras pareadas, considerando p ? 0,10. Resultados: Observou-se melhora no número de palavras recordadas imediatamente (z = -1,83; p = 0,068) e em longo prazo (z = -1,63; p = 0,102), recordação de dígitos em ordem inversa (z = -1,73; p = 0,083) e pontuação no teste do relógio para tarefa de cópia (z = -1,89; p = 0,059). Discussão: O treinamento mostrou-se prazeroso e gerou alguns benefícios para as idosas avaliadas. Conclusão: Jogos de videogame podem ser ferramentas úteis para intervenções cognitivas na população idosa, mas novos estudos nessa área são necessários.

Biografia do Autor

Sabrina Martins Barroso, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Graduada em Psicologia pela Universidade Federal de São João Del Rei, Mestre em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Doutora em Saúde Pública pela UFMG. Atua como professora adjunta do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Triângulo Mineiro

José Humberto Curtiço Júnior, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Estudante de Psicologia da Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Dennis Gabiatti Lopes, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Estudante de Psicologia da Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Fernanda Esteves Pereira, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Estudante de Psicologia da Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Juliana Machado Ruiz, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Psicóloga pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) e mestranda do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFTM.

Publicado

2018-03-30

Como Citar

Barroso, S. M., Curtiço Júnior, J. H., Lopes, D. G., Pereira, F. E., & Ruiz, J. M. (2018). TREINAMENTO COGNITIVO DE IDOSOS COM USO DE JOGOS ELETRÔNICOS: UM ESTUDO DE CASO. Ciências & Cognição, 23(1). Recuperado de http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/1396

Edição

Seção

Estudo de Caso / Case Study