ESTUDO QUALITATIVO SOBRE O AUTOCONCEITO ESCOLAR NA PERSPECTIVA DE CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Barbara Cristina Soares Sena, Camelia Santina Murgo

Resumo


O presente estudo teve como objetivo analisar a forma pela qual o autoconceito infantil influencia os fatores e variáveis, como desempenho acadêmico e relacionamento interpessoal, dentro do ambiente escolar. Para tanto foram entrevistados 15 alunos do 6º ano do ensino fundamental de uma escola pública no interior do estado de São Paulo, Brasil. O estudo analisou o autoconceito dos estudantes em categorias especificas. Os dados revelaram que a variável com maior influência sobre este construto foi o envolvimento nas atividades escolares. As relações interpessoais com os pares e os afetos e emoções vivenciados pelos alunos dentro do ambiente escolar também aparecem como fatores relacionados ao autoconceito escolar. 


Palavras-chave


Autoconceito; desempenho acadêmico; competências interpessoais;

Texto completo:

PDF

Apontamentos





____________

Endereço postal

Ciências e Cognição
A/C Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Sala G0-015, Bloco G, Centro de Ciências da Saúde.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Av. Carlos Chagas Filho S/N - Cidade Universitária
Ilha do Fundão - Rio de Janeiro, RJ 21.941-902, Brasil.

Contato Principal

Editors (Dr. Glaucio Aranha / Dr. Alfred Sholl-Franco)
Ciências e Cognição - Editors-in-chief

Ciências & Cognição
A/C Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Sala G0-015, Bloco G, Centro de Ciências da Saúde.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Av. Carlos Chagas Filho S/N - Cidade Universitária
Ilha do Fundão - Rio de Janeiro, RJ 21.941-902, Brasil.

E-mails:

revista@cienciasecognicao.org (principal)
cienciasecognicao@gmail.com (alternativo)


E-mail: revista@cienciasecognicao.org

Contato de Suporte

Comunication Office
E-mail: revista@cienciasecognicao.org