EVIDÊNCIAS DE VALIDADE BASEADAS NA RELAÇÃO COM VARIÁVEIS EXTERNAS PARA A ESCALA DE DISTORÇÕES COGNITIVAS DEPRESSIVAS – EDICOD

Felipe Augusto Cunha, Makilim Nunes Baptista

Resumo


As distorções cognitivas são de suma importância no momento de gerar pensamentos disfuncionais e negativos. Com isso, pode ocorrer maior agravamento no quadro clínico, demonstrando que é importante analisar e rastrear esses tipos de erros lógicos oriundos do adoecimento emocional. O presente estudo teve como objetivo inicial, buscar evidências de validade baseadas em variáveis externas para a Escala de Distorções Cognitivas Depressivas (EDICOD). Participaram da pesquisa 459 pessoas, divididos em dois grupos, sendo os não clínicos e clínicos (depressivos). Na coleta de dados, foram aplicadas a Escala Baptista de Depressão (EBADEP-A); Escala de Pensamentos Depressivos (EPD); Escala de Atitudes Disfuncionais (DAS); Escala de Autorregulação Emocional (EARE) e, por último, a EDICOD. Foram comparadas as médias de sintomas e pensamentos depressivos entre os dois grupos. Posteriormente, foi feita a relação dos instrumentos de distorções cognitivas (EDICOD) com os demais. Os principais resultados demonstraram que foram encontradas diferenças entre os grupos clínico e não clínico, tais como: sintomatologia depressiva mais presente no grupo clínico, que também obteve maiores médias de pontuação na EDICOD. E os instrumentos usados no estudo, se correlacionaram positivamente, demonstrando evidências de validade na qual o estudo foi proposto.

Palavras-chave


distorções cognitivas; depressão; correlação; construção

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




____________

Endereço postal

Ciências e Cognição
A/C Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Sala G0-015, Bloco G, Centro de Ciências da Saúde.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Av. Carlos Chagas Filho S/N - Cidade Universitária
Ilha do Fundão - Rio de Janeiro, RJ 21.941-902, Brasil.

Contato Principal

Editors (Dr. Glaucio Aranha / Dr. Alfred Sholl-Franco)
Ciências e Cognição - Editors-in-chief

Ciências & Cognição
A/C Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Sala G0-015, Bloco G, Centro de Ciências da Saúde.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Av. Carlos Chagas Filho S/N - Cidade Universitária
Ilha do Fundão - Rio de Janeiro, RJ 21.941-902, Brasil.

E-mails:

revista@cienciasecognicao.org (principal)
cienciasecognicao@gmail.com (alternativo)


E-mail: revista@cienciasecognicao.org

Contato de Suporte

Comunication Office
E-mail: revista@cienciasecognicao.org