ESTRATÉGIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE ANATOMIA HUMANA PARA ACADÊMICOS DE MEDICINA

Autores

  • Marco Aurélio de Azambuja Montes Fundação Oswaldo Cruz
  • Claudia Teresa Vieira de Souza Fundação Oswaldo Cruz

Palavras-chave:

ensino-aprendizagem, anatomia, medicina

Resumo

Resumo

Para permitir que nossos aprendizes aprendam com mais facilidade os conteúdos da disciplina de Anatomia Humana, elaboramos uma disciplina optativa que permitiu que testássemos e incorporássemos sugestões fornecidas pelos discentes objetivando melhorar a relação ensino-aprendizagem e posteriormente utilizá-las nas disciplinas regulares. Docentes e discentes desenvolveram um modelo que priorizasse seus desejos sobre como deveria se desenvolver a disciplina. A presente estratégia foi realizada durante quatro semestres consecutivos (iniciada no primeiro semestre de 2006), com alunos de graduação no curso de medicina da Universidade Severino Sombra (município de Vassouras, no Rio de Janeiro). Ao interagirmos com discentes, identificarmos as dificuldades e incorporarmos à disciplina solicitações, quer do ponto de vista do desenvolvimento, quer da avaliação, poderemos propiciar uma otimização de aprendizagem que é nosso objetivo principal: motivar os estudantes a desenvolver a aprendizagem até o limite de suas possibilidades e estimularmos, ao máximo, o diálogo. © Cien. Cogn. 2010; Vol. 15 (3): 002-012.

Palavras-chave: ensino-aprendizagem; anatomia; medicina. 

 

Abstract

To allow our students learn more easily the content of the discipline of Human Anatomy, we prepared a discipline which we incorporated suggestions given by students aiming to improve the teaching-learning relationship and then use them in regular courses. Teachers and students have developed a model to prioritize their desires about how it should develop the discipline itself. This strategy was performed for four consecutive semesters (starting in the first half of 2006), with graduate students in medical school at the Severino Sombra University (Vassouras, Rio de Janeiro). We interact with them to identify their difficulties and incorporating their requests whether in terms of development or the evaluation in order to provide a real improvement of the learning process that is our main goal. We worked to obtain that each student could develop their learning to the limit of their possibilities and stimulate the dialogue to facilitate the teaching-learning relationship. © Cien. Cogn. 2010; Vol. 15 (3): 002-012.

Keywords: teaching-learning; anatomy; medicine.

 

Biografia do Autor

Marco Aurélio de Azambuja Montes, Fundação Oswaldo Cruz

Professor of Universidade Gama Filho (Rio de Janeiro) and Universidade Severino Sombra (Vassouras/Rio de Janeiro). 

Claudia Teresa Vieira de Souza, Fundação Oswaldo Cruz

Pesquisadora Titular em Saúde Pública do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas/Fundação Oswaldo Cruz. Membro do corpo docente dos Programas de Pós-Graduação em Pesquisa Clínica das Doenças Infecciosas do Instituto de Pesquisa Evandro Chagas e do Ensino em Biociências e Saúde do Instituto Oswaldo Cruz/Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro/Brasil.

Publicado

2010-10-25

Como Citar

Montes, M. A. de A., & Souza, C. T. V. de. (2010). ESTRATÉGIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE ANATOMIA HUMANA PARA ACADÊMICOS DE MEDICINA. Ciências & Cognição, 15(3). Recuperado de http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/325