A NECESSIDADE DE CONTRIBUIÇÕES DA CIÊNCIA COGNITIVA PARA O AUMENTO DA PRODUTIVIDADE DO TRABALHO HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES

Autores

  • Thaís Spiegel Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Vinícius Carvalho Cardoso Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Palavras-chave:

trabalho cognitivo, produtividade, teoria organizacional

Resumo

Resumo

Este ensaio foi motivado pela percepção de uma tendência de aumento da importância do trabalho cognitivo nas organizações. Assim, a partir da perspectiva de se buscar o aumento de produtividade do trabalho amplamente debatida nas áreas de conhecimento da Engenharia de Produção, Administração de Empresas e correlatas; este texto sugere que há limitações teóricas e práticas nessas áreas para lidar corretamente com o trabalho cognitivo. Estas limitações, possíveis indícios da necessidade de revoluções científicas sugeridas por Kuhn, clamam por novos métodos para analisar, projetar e avaliar essa natureza de trabalho. Argumenta-se que resultados comprovadamente melhores de aumento de produtividade passariam pelo desenvolvimento de novos métodos e ferramentas adequadas ao trabalho cognitivo, e não da adaptação dos métodos tradicionais. Por fim, indica-se a importância de contribuições dos corpos teóricos da Ciência Cognitiva na lacuna identificada em projetos de pesquisa multidisciplinares.

 

Abstract

This essay was motivated by a perceived trend of the rising relevance of cognitive work in organizations. Adopting the perspective of increasing productivity in organizations, widely discussed in Production Engineering, Management and related areas, this text argues that there areas have several theoretical and practical limitations to deal properly with cognitive work as a research object. These limits, what Khun could consider clues for the need of scientific revolutions, seem to claim for new methods to analyze, design and evaluate this kind of work. We suggest that to achieve raisings of productivity should deal with developing new techniques and methods to consider cognitive work, instead of adapting traditional methods. Finally, it’s pointed out that Cognitive Science theoretical framework is fundamental to this issue.

Biografia do Autor

Thaís Spiegel, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Graduada em Engenharia de Produção (Poli/UFRJ), Mestranda em Engenharia de Produção (PEP/COPPE/UFRJ). Atua como Pesquisadora do Grupo de Produção Integrada (GPI – Poli & COPPE / UFRJ).

Vinícius Carvalho Cardoso, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Professor do Departamento de Engenharia Industrial (Poli/UFRJ), Doutor em Engenharia de Produção (COPPE/UFRJ). Atua como Pesquisador do Grupo de Produção Integrada (GPI – Poli & COPPE / UFRJ).

Publicado

2009-03-30

Como Citar

Spiegel, T., & Cardoso, V. C. (2009). A NECESSIDADE DE CONTRIBUIÇÕES DA CIÊNCIA COGNITIVA PARA O AUMENTO DA PRODUTIVIDADE DO TRABALHO HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES. Ciências & Cognição, 14(1), pp. 233-245. Recuperado de http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/48

Edição

Seção

Artigos Científicos / Scientific Articles