Entre senso comum e ciência: o conhecimento híbrido do jornalismo

Autores

  • Liriam Sponholz Universidade de Leipzig, Leipzig, Alemanha / Doutoranda

Palavras-chave:

conhecimento, jornalismo, ciência, senso comum

Resumo

Neste artigo, pretende-se discutir o jornalismo como tipo de processo de conhecimento. Ao contrárioda tese de que o jornalismo não seria ciência, porque pertence ao senso comum, parte-se dopressuposto de que o jornalismo não é nem senso comum nem ciência. Para isso, avalia-se o que éconhecimento e o que caracteriza tipos clássicos como a ciência e o senso comum. Em seguida,analisa-se o que diferencia e o que assemelha o jornalismo a estas duas formas clássicas deconhecimento. © Ciências & Cognição 2007; Vol. 10: 02-14.

Biografia do Autor

Liriam Sponholz, Universidade de Leipzig, Leipzig, Alemanha / Doutoranda

Jornalista, Mestre em História, Cultura e Poder (Universidade Federal do Paraná) e doutorandaem Comunicação (Universidade de Leipzig, Alemanha)

Edição

Seção

Artigos Científicos / Scientific Articles