ASSOCIAÇÃO ENTRE AS CARACTERÍSTICAS DO PROFISSIONAL DO ENSINO FUNDAMENTAL E SEUS CONHECIMENTOS EM SAÚDE BUCAL

Autores

  • Rita de Cássia A. D. M. Vellozo Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
  • Dagmar de P. Queluz Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
  • Fábio Luiz Mialhe Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
  • Antonio Carlos Pereira Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Palavras-chave:

educação em saúde, saúde bucal, cárie dentária

Resumo

Resumo


O objetivo desta pesquisa foi avaliar a associação entre as características de uma amostra de profissionais que trabalham em escolas públicas do município de Campos dos Goytacazes-RJ, selecionada aleatoriamente, e seu nível de conhecimento em saúde bucal. A amostra foi constituída por 162 profissionais do ensino fundamental, de 1ª a 4ª séries, de 8 escolas públicas do município. Os dados foram coletados através de um questionário contendo 32 questões, as
quais foram analisadas utilizando os testes de Qui-quadrado e Exato de Fisher, além da análise de regressão logística multivariada. Verificou-se que as características gênero masculino, escolas instaladas em áreas de privação social e nível de escolaridade baixo foram considerados fatores de risco associadas a baixo conhecimento em relação à saúde bucal.
Conclui-se que há necessidade de um enfoque nas informações sobre doenças bucais, prevenção e manutenção da saúde bucal dos profissionais, visando transformá-los em agentes multiplicadores de saúde.

Abstract


The aim of this study is to evaluate the association between the characteristics of a group of professionals working in public schools in the city of Campos of Goytacazes-RJ, Brazil and
their level of oral health knowledge. The group was constituted of 162 professionals of elementary schools, from 1st to 4th grade, of 8 public schools of the city. The data was collected through a questionnaire containing 32 questions, which were analyzed using Quisquare and Exact of Fisher tests, alone with the logistics regression multivariable analysis. It was verified that masculine gender, working at schools installed in areas of social privation, and low education level characteristics were considered risk factors associated to low knowledge concerning oral health. It was concluded that there is a need to focus in the information about oral diseases, prevention and maintenance of the professionals' oral health, seeking to transform them in multipliers agents of health.

 

 

Biografia do Autor

Dagmar de P. Queluz, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Cirurgião-dentista, Mestre em Saúde Pública (University of South
Carolina), Doutora em Clínica Odontológica (UNICAMP). Atua como Professora Associada
no Departamento de Odontologia Social na Faculdade de Odontologia de Piracicaba
(UNICAMP).

Publicado

2009-04-05

Como Citar

Vellozo, R. de C. A. D. M., Queluz, D. de P., Mialhe, F. L., & Pereira, A. C. (2009). ASSOCIAÇÃO ENTRE AS CARACTERÍSTICAS DO PROFISSIONAL DO ENSINO FUNDAMENTAL E SEUS CONHECIMENTOS EM SAÚDE BUCAL. Ciências & Cognição, 13(3), 70-81. Recuperado de http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/62

Edição

Seção

Artigos Científicos / Scientific Articles