Leitura de estudo: estratégias reconhecidas como utilizadas por alunos universitários

Elsa Maria Mendes Pessoa Pullin

Resumo


O presente trabalho insere-se no campo das práticas de leitura de estudantes universitários e visou identificaras estratégias mais freqüentes de leitura de textos de estudo entre alunos, futuros professores. Compuseram a amostra alunos de graduação de duas licenciaturas e de um mestrado em educação. A Escala de Estratégias de Leitura, traduzida e adaptada por Kopke Filho foi o instrumento utilizadopara a coleta de informações. De modo geral, os resultados apontam para o uso de estratégias similares entre os participantes. A importância não só das informações acerca dos modos de ler textosde estudo, especialmente para professores quando prescrevem leituras é discutida, como também a relativa a metacognição sobre essas práticas para os leitores. © Ciências & Cognição 2007; Vol. 12: 51-61.

Palavras-chave


práticas de leitura; ensino superior; formação de professores

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




____________

Endereço postal

Ciências e Cognição
A/C Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Sala G0-015, Bloco G, Centro de Ciências da Saúde.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Av. Carlos Chagas Filho S/N - Cidade Universitária
Ilha do Fundão - Rio de Janeiro, RJ 21.941-902, Brasil.

Contato Principal

Editors (Dr. Glaucio Aranha / Dr. Alfred Sholl-Franco)
Ciências e Cognição - Editors-in-chief

Ciências & Cognição
A/C Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Sala G0-015, Bloco G, Centro de Ciências da Saúde.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Av. Carlos Chagas Filho S/N - Cidade Universitária
Ilha do Fundão - Rio de Janeiro, RJ 21.941-902, Brasil.

E-mails:

revista@cienciasecognicao.org (principal)
cienciasecognicao@gmail.com (alternativo)


E-mail: revista@cienciasecognicao.org

Contato de Suporte

Comunication Office
E-mail: revista@cienciasecognicao.org