Pesquisa em educação: a construção teórica do objeto

Autores

  • Siomara e Borba Faculdade de Educação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
  • Adriana Doyle Portugal Faculdade de Educação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
  • Sérgio Rafael Barbosa da Silva Faculdade de Educação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Palavras-chave:

pesquisa em educação, construção teórica do objeto, concreto de pensamento, epistemologia marxista

Resumo

O tema central do artigo, sem pretender esgotar a questão, é a produção do conhecimento científicoem educação. Seu objetivo é continuar uma trajetória de interrogação sobre os pressupostos do processode conhecimento em educação, examinando, agora, a construção teórica do objeto. Esse exameé realizado a partir da discussão, ainda inicial e provisória, de elementos da análise marxista sobre oprocesso de produção do conhecimento científico. A epistemologia marxista argumenta que o métodocientífico para o conhecimento da realidade não começa, a rigor, do real em si, mas de um campo teóricodefinido. Esse entendimento significa uma forma totalmente contrária à forma tradicional de pensaro trajeto do conhecimento, especialmente na pesquisa em educação. © Cien. Cogn. 2008; Vol. 13(1): 12-20

Como Citar

Borba, S. e, Portugal, A. D., & da Silva, S. R. B. (1). Pesquisa em educação: a construção teórica do objeto. Ciências & Cognição, 13(1). Recuperado de http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/691

Edição

Seção

Artigos Científicos / Scientific Articles