UMA PROPOSTA DE REABILITAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA ATRAVÉS DO PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO INSTRUMENTAL (PEI)

Autores

  • Roberta Claro Romão Corrêa UFPE

Palavras-chave:

reabilitação neuropsicológica, Programa de Enriquecimento Instrumental (PEI), experiência de aprendizagem mediada.

Resumo

Existe hoje no Brasil, uma incidência grande de pessoas com disfunções cognitivas como memória, atenção, linguagem,... mal desenvolvidas que necessitam de um programa de reabilitação para minimizar seus déficits.

A reabilitação neuropsicológica objetiva intervenções junto ao paciente e familiares, visando à melhora e/ou superação das dificuldades, no plano cognitivo e comportamental dos mesmos, baseadas em técnicas especificas, facilitando a inserção na comunidade.

O Programa de Enriquecimento Instrumental (PEI), é um sistema de intervenção, constituído a partir de instrumentos, para melhorar o funcionamento das funções cognitivas.

Nosso objetivo é propor o PEI como um programa de reabilitação neuropsicológica. Acreditamos na relevância desse trabalho como uma opção de programa de reabilitação neuropsicológica, que se propõe à reorganização das funções neuropsicológicas na ação mediada pelo terapeuta, através dos instrumentos do PEI.

 

Biografia do Autor

Roberta Claro Romão Corrêa, UFPE

Psicomotricista e Neuropsicóloga Clínica

Habilitada em The Learning Potencial Assessment Device pelo The Internacional Center for the Enhancement oh Learning Potencial – ICELP. Jerusalém/ Israel.

Cursando Mestrado de Psicologia Cognitiva como aluna de nivelamento (Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Professora do Programa de Pós-Graduação em Psicopedagogia e Educação Especial na Universidade Salgado de Oliveira (PE)

Publicado

2009-08-09

Edição

Seção

Artigos Científicos / Scientific Articles