MODELOS DE SIGNIFICAÇÃO DO PENSAMENTO ADULTO A PROPÓSITO DE OPERAÇÕES ARITMÉTICAS ELEMENTARES

João Alberto da Silva

Resumo


Os estudos da Epistemológica Genética são capazes de responder a maior parte dos problemas a respeito do conhecimento, todavia, acreditamos que é possível avançar mais na compreensão do papel ativo dos objetos e do funcionamento mental no adulto. Nossa hipótese é de que o pensamento organiza modelos de significação em função dos esquemas e das implicações significantes disponíveis. No caso do Ensino Superior, muitos dos problemas dos estudantes universitários remontam a conteúdos elementares, que deveriam ter sido aprendidos na Educação Básica. Realizamos um experimento para averiguar as significações construídas por adultos a respeito das operações aritméticas elementares. A referência metodológica é o Método Clínico praticado pela Escola de Genebra. Foi possível perceber a variedade de comportamentos dos adultos frente ao problema, de maneira que suas condutas eram influenciadas enormemente pelos graus de complexidade e novidade da tarefa proposta. Por fim, concluímos que o pensamento do adulto apresenta uma estrutura muito poderosa que se desdobra em uma mobilidade e uma agilidade de raciocínio muito grandes. Entretanto, os conteúdos resistem à assimilação do sujeito e evidenciam o caráter ativo do objeto nos processos de interação. As aprendizagens baseadas em algoritmos ou processos automatizados restringem os processos de pensamento do adulto, dando origem a modelos incapazes de significar os problemas envolvidos.


Palavras-chave


modelos de significação; epistemologia genética; educação matemática; psicologia da inteligência

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




____________

Endereço postal

Ciências e Cognição
A/C Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Sala G0-015, Bloco G, Centro de Ciências da Saúde.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Av. Carlos Chagas Filho S/N - Cidade Universitária
Ilha do Fundão - Rio de Janeiro, RJ 21.941-902, Brasil.

Contato Principal

Editors (Dr. Glaucio Aranha / Dr. Alfred Sholl-Franco)
Ciências e Cognição - Editors-in-chief

Ciências & Cognição
A/C Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Sala G0-015, Bloco G, Centro de Ciências da Saúde.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Av. Carlos Chagas Filho S/N - Cidade Universitária
Ilha do Fundão - Rio de Janeiro, RJ 21.941-902, Brasil.

E-mails:

revista@cienciasecognicao.org (principal)
cienciasecognicao@gmail.com (alternativo)


E-mail: revista@cienciasecognicao.org

Contato de Suporte

Comunication Office
E-mail: revista@cienciasecognicao.org