POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA E A INSTITUIÇÃO ESPECIALIZADA NA EDUCAÇÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA MENTAL

Autores

  • Silvia Márcia F. Meletti Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Palavras-chave:

educação especial, política educacional, institucionalização

Resumo

Resumo


O trabalho objetiva analisar o impacto das políticas de educação inclusiva na educação de pessoas com deficiência mental institucionalizadas. Especificamente, objetivamos analisar os mecanismos utilizados pela instituição especializada para se adequar às exigências legais e normativas no sentido de assumir a educação escolar como eixo central de seu trabalho, compatibilizando-o com as necessidades especiais de seus educandos. Tais exigências estão presentes nas proposições políticas para a Educação Especial brasileira que se articulam numa perspectiva inclusiva e que buscam se contrapor ao perfil clínico de atuação da área. Para isso, optou-se por analisar a percepção dos profissionais que compõem a equipe técnica de uma instituição especial em processo de mudança. O recurso metodológico utilizado foi a Análise de Discurso. Os resultados indicaram que os mecanismos utilizados foram: apropriação do discurso oficial; reinterpretação das normas de flexibilização curricular e de terminalidade específica; reorganização formal e aparente da estrutura institucional.

Abstract
The work aims to analyze the impact of policies on inclusive education in the education of institutionalized people with mental disabilities. Specifically, we aim to analyzing the used mechanisms by the specialized institutions to adequate to legal and regulatory requirements in order to take the school education as a central axis of its work by making it compatible with the special needs of their students. Such demands are present in political propositions for the Brazilian Special Education which are linked to an inclusive view and seek to oppose the clinical profile of performance in the area. To do so, we have chosen to analyze the perception of professionals that make up the technical team of a special institution in change process. The methodology used was Discourse Analysis. The results indicated that the used mechanisms were: appropriation of the official discourse; reinterpretation of the rules of curricular flexibility and special completion; formal and apparent reorganization of the institutional transformation.

Biografia do Autor

Silvia Márcia F. Meletti, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Doutora em Psicologia (Instituto de Psicologia – Universidade de São
Paulo, IP-USP). Atua como Docente do Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação (UEL).

Publicado

2009-04-06

Edição

Seção

Artigos Científicos / Scientific Articles