COGNIÇÃO, CATEGORIZAÇÃO, ESTEREÓTIPOS E VIDA URBANA

Autores

  • Marcos Emanoel Pereira Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Palavras-chave:

categorias sociais, categorização, estereótipos

Resumo

Resumo


Um dos aspectos fundamentais da vida social é a capacidade de perceber e categorizar, com um mínimo de esforço, as pessoas e os objetos com os quais se interage no ambiente cotidiano. Sem a categorização, seria necessário redefinir a todo e qualquer momento os esquemas de conhecimento sobre o mundo, o que, possivelmente, estenderia ao extremo os limites cognitivos. Uma forma particular de categorização, realizada mediante o uso de representações estereotipadas, tem despertado amplo interesse entre os psicólogos sociais. Os estereótipos geram expectativas que, por sua vez, influenciam a percepção, a formação de impressões e o julgamento social. O presente ensaio, de natureza exploratória, procura avaliar e esclarecer alguns mecanismos psicológicos envolvidos manifestação do julgamento estereotipado pelos habitantes dos centros urbanos, enfatizando o papel exercido pela confirmação e desconfirmação das crenças.

Abstract


One of the fundamental aspects of social life is the capacity we have of perceiving and categorizing, with rather a slight effort, the people and objects with which we interact in our day-by-day environment. Without categorizing, we would be forced to keeping on redefining, over and over, all the frames of knowledge that we have about the world, which would probably push our cognitive capacity over the border line. A certain particular way of categorization, that one we carry out through the use of stereotyped representations, has been kindling a deep interest among the social psychologists. The stereotypes create certain expectations that, by their turn, influence in the social perception, impressions-generating, and judgments. This present essay, with rather a speculative nature, seeks for discussing and evaluating some psychological devices involved in the manifestation of stereotyped judgment made by the urban sites citizens, emphasizing the influence in such a judgment exerted whether by the confirmation or the disconfirmation of social beliefs.

Como Citar

Pereira, M. E. (1). COGNIÇÃO, CATEGORIZAÇÃO, ESTEREÓTIPOS E VIDA URBANA. Ciências & Cognição, 13(3), 280-287. Recuperado de http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/80

Edição

Seção

Artigos Científicos / Scientific Articles

##plugins.generic.recommendBySimilarity.heading##

##plugins.generic.recommendBySimilarity.advancedSearchIntro##