INDICADORES DE RESILIÊNCIA NA SALA DE APOIO À APRENDIZAGEM: ASPECTOS SOCIOAFETIVOS NO JOGO SET GAME

Luciana Ramos Rodrigues de Carvalho, Francismara Neves de Oliveira

Resumo


Resumo

A presente pesquisa, embasada no aporte teórico-metodológico da Epistemologia Genética de Jean Piaget, teve como objetivo analisar os aspectos socioafetivos, indicadores de resiliência, em alunos frequentadores da Sala de Apoio à Aprendizagem, por meio do jogo de regras Set Game. De natureza qualitativa, na modalidade de estudo de caso descritivo interpretativo, o estudo ocorreu em uma escola estadual da cidade de Londrina (PR) tendo participado dele dez alunos frequentadores da Sala de Apoio à Aprendizagem no ano de 2012, em 23 encontros. Os resultados permitiram identificar aspectos protetivos, observados nos procedimentos dos participantes avaliados com dificuldades de aprendizagem, sendo estes: interesse na tarefa; envolvimento; enfrentamento dos desafios; autonomia e vontade; capacidade de enfrentamento dos desafios impostos pelo outro; o reconhecimento da perspectiva do outro; e a condição de cooperar. Os resultados ressaltam a importância de espaços de apoio à aprendizagem como possibilidade de construção da resiliência em escolares, de interações dinâmicas e recíprocas, por meio das quais os processos de proteção podem ser produzidos mesmo diante de fatores de risco.

Palavras-chave: Epistemologia genética de Jean Piaget; educação; fatores protetivos; jogos de regras; resiliência; aprendizagem.

 

Abstract

The present research, based on the theoretical-methodological work of the Genetic Epistemology of Jean Piaget, had as objective to analyze social-affective aspects, indicators of resilience, in students who attend Learning Support Rooms, taken as instrument the game of rules Set Game. The research that had a qualitative nature, classified as descriptive interpretative study of case, has taken place at a State School in the city of Londrina (PR); ten students, who attended Learning Support Classes in the year of 2012, have participated in the research, in 23 meetings. The results have allowed the identification of protective aspects, observed in the procedures of the students evaluated with learning difficulties: interest in the task, involvement, facing challenges, autonomy and determination; capability of coping with the challenges impose by other, recognition of the perspective of the other and cooperation condition. The results emphasize the importance of places for supporting apprenticeship, as possibilities for construction of resilience in students, with dynamic and reciprocal interactions, by which the protection processes can be built even when risk factors are present.

Keywords: Genetic epistemology of Jean Piaget; Education; protective factors; game of rules; apprenticeship; resilience


Palavras-chave


educação; fatores protetivos; jogos de regras; resiliência; aprendizagem

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




____________

Endereço postal

Ciências e Cognição
A/C Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Sala G0-015, Bloco G, Centro de Ciências da Saúde.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Av. Carlos Chagas Filho S/N - Cidade Universitária
Ilha do Fundão - Rio de Janeiro, RJ 21.941-902, Brasil.

Contato Principal

Editors (Dr. Glaucio Aranha / Dr. Alfred Sholl-Franco)
Ciências e Cognição - Editors-in-chief

Ciências & Cognição
A/C Prof. Dr. Alfred Sholl Franco

Sala G0-015, Bloco G, Centro de Ciências da Saúde.
Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.
Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Av. Carlos Chagas Filho S/N - Cidade Universitária
Ilha do Fundão - Rio de Janeiro, RJ 21.941-902, Brasil.

E-mails:

revista@cienciasecognicao.org (principal)
cienciasecognicao@gmail.com (alternativo)


E-mail: revista@cienciasecognicao.org

Contato de Suporte

Comunication Office
E-mail: revista@cienciasecognicao.org