Implementação de oficinas de método científico para a promoção do ensino investigativo

Foi publicado no periódico científico Expressa Extensão, o artigo  IMPLEMENTAÇÃO DE OFICINAS DE MÉTODO CIENTÍFICO PARA A PROMOÇÃO DO ENSINO INVESTIGATIVO, da autoria de Alfred Sholl-Franco, Letícia Silva e Glaucio Aranha. O artigo descreve o processo de criação de um conjunto de oficinas de capacitação para a implementação de projetos de aprendizagem investigativa e sua adaptação para o ambiente online, em face da pandemia de COVID-19. Apresenta os resultados das transformações experimentadas e dos desafios encontrados. O artigo pode ser acessado através do link: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/expressaextensao/article/view/20525/0

Resumo

Este estudo visa descrever o desenvolvimento e a implementação de uma ação extensionista que capacitou professores do ensino básico e licenciandos na aplicação do ensino investigativo, através do uso do método científico em salas de aula. Para tanto, foi desenvolvido e aplicado um conjunto de oficinas de introdução ao MC em 2019 e 2020, primeiro no formato presencial e depois adaptado para o formato remoto. Trata-se de um trabalho de natureza quali-quantitativa com abordagem descritiva, realizado sob a perspectiva metodológica da pesquisa-ação e da análise SWOT (matriz SWOT), em ciclos de realização e reelaboração. Nossos resultados mostram uma mudança no perfil dos participantes entre as turmas presencial e remotas e a necessidade de ajustes no processo de endereçamento do público-alvo, contribuindo como mapeamento de limitações e perspectivas de aprimoramento para o desenvolvimento do projeto.

Citação: SHOLL-FRANCO, A.; SILVA, L. M. L; ARANHA, G. Implementação de oficinas de método científico para a promoção do ensino investigativo. Expressa Extensão. ISSN 2358-8195, v. 26, n. 2, p. 75-94, mai-ago, 2021.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.