ESTRATÉGIAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE MATEMÁTICA EM ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR

Autores

  • Rita Barros Escola Superior de Educação Jean Piaget/Arcozelo
  • Cláudia Sousa Escola Superior de Educação Jean Piaget/Arcozelo

Palavras-chave:

resolução de problemas de matemática, estratégias de resolução de problemas, estudantes do ensino superior

Resumo

Resumo

O estudo dos processos cognitivos complexos, nas quais se inclui a resolução de problemas, reveste-se de grande importância quando se reportam à construção de competências pelos estudantes do Ensino Superior Este estudo recorre a um design quasi - experimental, com um grupo de estudantes submetidos a sessões de treino de resolução de problemas de matemática e um grupo de controle, no sentido de comparar as estratégias de resolução de problemas utilizadas por uns e por outros. A amostra é constituída por 72 estudantes a frequentar cursos de licenciatura. Os resultados mostram que as sessões de treino aumentam a rapidez da resolução e diminuem a existência de erros na mesma. No entanto, o contato prévio com problemas de natureza similar parece limitar os estudantes na escolha da estratégia de resolução a ser usada, o que diminui a eficácia da resposta em termos da utilização de alternativas de resolução mais diretas, intuitivas e rápidas de resolução dos problemas. São discutidas as implicações dos resultados encontrados, no que diz respeito à capacidade de transposição das estratégias de resolução a problemas congêneres.

Palavras-chave: resolução de problemas de matemática, estratégias de resolução de problemas, estudantes do ensino superior

 

Abstract

The study of complex cognitive processes, in which problem solving is included, is of great importance since they relate to building skills in college students. This study uses a quasi – experimental design, with a group of students submitted to training sessions of problem solving in mathematics and a control group, to compare the problem solving strategies used by the two groups. The sample consists of 72 higher students. The results show that the training sessions increase the speed of resolution and decrease the existence of errors. However, previous contact with problems of a similar nature seems to limit the students in choosing the resolution strategy to use, which reduces the effectiveness of the response in terms of the use of a more direct, intuitive and fast resolution of the problems. The implications of the findings are discussed with regard to the capacity of transposing solving strategies to similar problems.

Keywords: math problems resolution, problem solving strategies, higher education students

Biografia do Autor

Rita Barros, Escola Superior de Educação Jean Piaget/Arcozelo

Doutorada em Ciências da Educação pela Universidade de Santiago de compostela. Mestre e Licenciada em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto. Diretora Adjunta da Escola Superior de Saúde Jean Piaget Vila Nova de Gaia (Instituto Piaget). Investigadora da UNIFAI, Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto.

Cláudia Sousa, Escola Superior de Educação Jean Piaget/Arcozelo

Doutorada em Matemática (aplicada) pela Universidade de Aveiro. Mestre em Matemática Pura e Licenciada em Matemática - ramo educacional Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Docente de matemática da Escola Superior de Educação Jean Piaget Vila Nova de Gaia (Instituto Piaget). Investigadora do CIDMA da Universidade de Aveiro.

Publicado

2015-04-30

Como Citar

Barros, R., & Sousa, C. (2015). ESTRATÉGIAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE MATEMÁTICA EM ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR. Ciências & Cognição, 20(1). Recuperado de https://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/1000

Edição

Seção

Neuroeducação / Psicologia da Educação / Ensino / Ciências Cognitivas