Linguagem e pensamento: visão (supra) comunicativa acerca da linguagem

Autores

  • Ronie Alexsandro Teles da Silveira doutorando em Psicologia pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Atua como Docente do Departamento de Filosofia da Universidade de Santa Cruz do Sul - RS (UNISC).
  • Giovani Kuckartz Pergher Terapeuta Cognitivo-Comportamental e como Professor nas áreas de Psicologia da Personalidade, Terapia Cognitivo-Comportamental e Processos Psicológicos Básicos da Faculdades de Taquara (FACCAT) e do WP - Centro de Psicoterapia Cognitivo-Comportamental.
  • Rodrigo Grassi-Oliveira Doutorando em Psicologia (PUCRS).

Palavras-chave:

linguagem, pensamento, comunicação, literatura de revisão, psicologia

Resumo

O presente artigo tem como objetivo discutir as diferentes perspectivas adotadas na literatura acerca das relações entre pensamento e linguagem. Esta discussão possui como pano de fundo a noção de primazia: o pensamento é anterior à linguagem ou a linguagem é anterior ao pensamento? Duas abordagens alternativas são propostas para responder a esta pergunta. A primeira delas, denominada “visão comunicativa acerca da linguagem” (VCAL) propõem a primazia do pensamento em relação à linguagem. A segunda chamada “visão supracomunicativa acerca da linguagem” (VSAL), postula que o desenvolvimento do pensamento é posterior à linguagem. As evidências empíricas disponíveis até o momento não permitem que qualquer uma das hipóteses seja refutada em definitivo. Adicionalmente, a resposta para a questão da primazia parece depender da dimensão sob análise, impossibilitando a sustentação absoluta de uma hipótese em detrimento da outra. © Ciências & Cognição 2005; Vol. 06: 73-83

Biografia do Autor

Ronie Alexsandro Teles da Silveira, doutorando em Psicologia pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Atua como Docente do Departamento de Filosofia da Universidade de Santa Cruz do Sul - RS (UNISC).

Filósofo e doutorando em Psicologia pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Giovani Kuckartz Pergher, Terapeuta Cognitivo-Comportamental e como Professor nas áreas de Psicologia da Personalidade, Terapia Cognitivo-Comportamental e Processos Psicológicos Básicos da Faculdades de Taquara (FACCAT) e do WP - Centro de Psicoterapia Cognitivo-Comportamental.

Psicólogo e Mestre em Psicologia Social e da Personalidade (PUCRS).

Rodrigo Grassi-Oliveira, Doutorando em Psicologia (PUCRS).

Médico Psiquiatra,  Mestre em Psicologia Social e da Personalidade (PUCRS), Especialista em Psicoterapias Cognitivas, membro da International Association for Cognitive Psychotherapy (IACP), Especialista na área de Violência Doméstica Infantil (USP)

Publicado

2011-02-24

Como Citar

da Silveira, R. A. T., Pergher, G. K., & Grassi-Oliveira, R. (2011). Linguagem e pensamento: visão (supra) comunicativa acerca da linguagem. Ciências & Cognição, 6. Recuperado de https://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/536

Edição

Seção

Artigos Científicos / Scientific Articles