Percepção de risco e cognição: reflexão sobre a sociedade de risco

Autores

  • Marli B. M. de Albuquerque Navarro Doutora em História da Ciência (FIOCRUZ)
  • Telma Abdalla de Oliveira Cardoso

Palavras-chave:

percepção de risco, sociedade de risco, risco, cognição

Resumo

Os estudos sobre percepção de risco têm crescido para apoiar várias análises elaboradas por diversos campos do conhecimento. Discutem-se hoje os fenômenos da chamada segunda modernidade, ou também como denominada por Ulrich Beck, a "modernidade reflexiva", onde consideramos que a partir de novos contextos reflexivos gerados pelos impactos da perspectiva do risco, novos padrões cognitivos estão se delineando para nortear tomadas de decisões, abrangendo desde as mais amplas no âmbito dos governos as mais cotidianas da vida dos indivíduos. © Ciências & Cognição 2005; Vol. 06: 67-72.

Biografia do Autor

Marli B. M. de Albuquerque Navarro, Doutora em História da Ciência (FIOCRUZ)

Atua como Pesquisadora do Núcleo de Biossegurança da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ)

Publicado

2011-02-24

Como Citar

Navarro, M. B. M. de A., & Cardoso, T. A. de O. (2011). Percepção de risco e cognição: reflexão sobre a sociedade de risco. Ciências & Cognição, 6. Recuperado de https://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/544

Edição

Seção

Artigos Científicos / Scientific Articles