Relações espaciais nas mídias digitais

Autores

  • Adeline Gabriela Silva Gil Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC), Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) - Campus Bauru, Bauru, São Paulo, Brasil / Mestranda

Palavras-chave:

espaços, relações, hipermídias, experiência, multiplicidade

Resumo

Dentro do campo das mídias digitais, o objeto abordado no presente artigo é a hipermídia, que secaracteriza por organizar textos, sons, vídeos, dados numéricos e outros, em forma de redes dinâmicase interativas, em constante transformação de suas conexões. Tendo como foco o princípio demultiplicidade, a investigação consiste em identificar a capacidade das hipermídias de estabelecerdiferentes relações espaciais, produzindo novos sentidos. Isso será possível a partir da análise dasestruturas, do funcionamento e de processos que ocorrem nas hipermídias, como os dedesterritorialização, territorialização, tradução e atualização de potências do virtual e, posteriormente,de seu alcance cognitivo. © Ciências & Cognição 2007; Vol. 10: 38-45.

Biografia do Autor

Adeline Gabriela Silva Gil, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC), Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) - Campus Bauru, Bauru, São Paulo, Brasil / Mestranda

Formada em Desenho Industrial com Habilitação em Programação Visual (FAAC – UNESP,Campus de Bauru) e Mestranda em Comunicação Midiática na linha de pesquisa: Produção de Sentido naComunicação Midiática.

Como Citar

Gil, A. G. S. (1). Relações espaciais nas mídias digitais. Ciências & Cognição, 10. Recuperado de https://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/620

Edição

Seção

Artigos Científicos / Scientific Articles