COMO ESTUDANTES COMPREENDEM UMA REAÇÃO QUÍMICA? CONCEPÇÕES SOBRE UM PROCESSO DE COMBUSTÃO

Autores

  • Daniela Rodrigues da Silva Instituto Federal do Rio Grande do Sul - Câmpus Canoas
  • José Cláudio Del Pino PPG em Ensino – Centro Universitário Univates; PPG em Educação em Ciências – Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Porto Alegre – RS - Brasil

Palavras-chave:

ensino, aprendizagem, reação química, concepções dos estudantes, resolução de problemas

Resumo

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo conhecer as concepções de estudantes ingressantes no ensino médio a respeito de conceitos fundamentais que caracterizam as transformações químicas. Trata-se de um estudo de caso, em que dezessete estudantes de uma instituição pública de ensino propuseram explicações para um problema sobre um processo de combustão. As respostas por eles elaboradas foram categorizadas por meio da análise de conteúdo. Foi evidenciado que os estudantes utilizam distintos modelos para interpretar o que acontece durante uma reação química e que, na maioria das situações, esses modelos constituem obstáculos para a aprendizagem dos conceitos que são objeto de estudo da química. Embora indiquem a não conservação das substâncias como critério para justificar a ocorrência de uma reação química, a não conservação da matéria e da massa estão presentes nas ideias de transmutação, desaparecimento, substituição, entre outras. Além disso, foram explicitadas confusões conceituais no emprego da linguagem científica e na representação da combustão (desenho), de modo que, ressalta-se a importância dos resultados evidenciados nesta investigação para a proposição de ações que busquem qualificar o ensino e da aprendizagem da química na educação básica.

Palavras-chave: ensino, aprendizagem, reação química; concepções dos estudantes; resolução de problemas.

 

Abstract

This paper aims understanding students' conceptions of fundamental concepts that characterize the chemical transformations. This is a case study in which seventeen students of the first year in a public high school proposed explanations for a problem about a combustion process. The answers given were categorized by means of content analysis. It was evident that students use different models to interpret what happens during a chemical reaction and that, in most situations, these models constitute barriers that prevent students from learning the concepts that are the object of study of chemistry. Although they mention the loss of substance as a criterion to justify the occurrence of a chemical reaction, the notion of mass and matter loss is present in the ideas of transmutation, disappearance and replacement, among others. Furthermore, conceptual misunderstandings were explicit in the use of scientific language and in the representation of combustion (drawings), so that the study emphasizes the relevance of the results found in this research to propose actions that seek to qualify the teaching and learning processes of chemistry in basic education.

Keywords: teaching, learning, chemical reaction; students’ conceptions; problem solving.

Biografia do Autor

Daniela Rodrigues da Silva, Instituto Federal do Rio Grande do Sul - Câmpus Canoas

Graduada em Ciências Habilitação em Química pela Universidade de Passo Fundo. Mestre e Doutoranda em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Docente do Instituto Federal do Rio Grande do Sul - Câmpus Canoas.

José Cláudio Del Pino, PPG em Ensino – Centro Universitário Univates; PPG em Educação em Ciências – Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Porto Alegre – RS - Brasil

J.C. Del Pino possui graduação em Licenciatura em química pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, graduação em Química Industrial pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, especialização em Química pela Universidade de Passo fundo, especialização em Ensino de Química pela Universidade de Caxias do Sul, mestrado em Mestrado em Ciências Biológicas-Bioquímica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, doutorado em Engenharia de Biomassa pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pós-doutorado pela Universidade de Aveiro-Portugal. Professor associado (aposentado) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professor-Orientador do PPG Educação em Ciência Química da Vida e Saúde e do PPG Química ambos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atualmente é professor do Centro Universitário Univates. Bolsa de Produtividade em Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Tem experiência acadêmica na área de Educação, com ênfase em Educação Química, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, ensino de química, material didático, currículo de química e informática educativa.

Publicado

2014-12-29

Como Citar

da Silva, D. R., & Del Pino, J. C. (2014). COMO ESTUDANTES COMPREENDEM UMA REAÇÃO QUÍMICA? CONCEPÇÕES SOBRE UM PROCESSO DE COMBUSTÃO. Ciências & Cognição, 19(3). Recuperado de https://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/935

Edição

Seção

Estudo de Caso / Case Study