IMPACTOS DO TRABALHO EM TURNOS NA QUALIDADE DO SONO E ATENÇÃO SUSTENTADA DE OPERADORES PAINELEIROS DE UMA EMPRESA PETROQUÍMICA

Autores

  • Cibele Siebra Soares Universidade Federal do Rio Grande do Rio Grande do Norte
  • Katie Moraes de Almondes Universidade Federal do Rio Grande do Rio Grande do Norte

Palavras-chave:

Qualidade de sono, atenção, trabalhadores em turnos, teste de vigilância psicomotora

Resumo

Resumo

Este trabalho se propõe a analisar os efeitos do trabalho em turnos na qualidade de sono e na atenção sustentada de trabalhadores em turnos alternantes. Dados referentes a este esquema de trabalho, em ambiente operacional real, ainda são escassos na literatura. O recorte amostral constitui-se de 21 trabalhadores, subdivididos em 10 participantes alocados no turno diurno e 11 no turno noturno. Utilizou-se o Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh (IQSP), o diário do sono e o Teste de Vigilância Psicomotora (PVT). A qualidade do sono foi pior no turno noturno do que no diurno. A atenção sofreu oscilação no desempenho, em função da hora do dia, da idade e dos anos de trabalho em esquema de turnos alternantes, para os dois turnos. O pior desempenho na atenção foi associado com o sono de curta duração no trabalho durante o turno noturno. Sugere-se que o trabalho noturno cause mais prejuízos ao sono dos trabalhadores e que a privação do sono pode afetar o desempenho cognitivo de funções como a atenção sustentada.

Palavras-chave: Qualidade de sono; atenção; trabalhadores em turnos; teste de vigilância psicomotora.

 

Abstract

This work aims to analyze the effects of shift work on sleep quality and sustained attention of workers on shift rotation. Data relating to this shift work, in a real operational environment, are still scarce in the literature.  The sample cut is made up of 21 workers, subdivided into 10 participants allocated to the day shift and 11 workers on night shift. The Pittsburgh Sleep Quality Index (PSQI), the Sleep Diary and the Psychomotor Vigilance Task (PVT) were used. Sleep quality was worse on the night shift than day shift. Attention showed variation in performance, depending the time of day, age and years of work in shift rotation for the two shifts. The worst attention performance was associated with short sleep duration the night shift. It is suggested that the night work causes more harm to the workers’ sleep and that sleep deprivation may affect cognitive performance of functions such as sustained attention.

Keywords: Sleep quality; shift workers; attention; psychomotor vigilance task.

Biografia do Autor

Cibele Siebra Soares, Universidade Federal do Rio Grande do Rio Grande do Norte

Graduada em Psicologia pela Universidade Federal da Paraíba (2011) e mestre em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2013). Atua nas áreas de Psicologia Cognitiva, Neuropsicologia e Neurociência, com ênfase em Processos Cognitivos e Cronobiologia Humana.

Katie Moraes de Almondes, Universidade Federal do Rio Grande do Rio Grande do Norte

Graduada em Psicologia pela Universidade Estadual da Paraíba. Mestre em Psicobiologia pela Universidade Federal do Rio Grande e doutora em Psicobiologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Rio Grande do Norte. Psicóloga clínica e hospitalar/saúde. Professora Adjunto do Departamento de Psicologia e da Pós-Graduação em Psicologia 
da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Conselheira do Conselho
Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (CEDEPI). Integrante do Comitê de
Ética da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Membro da Sociedade
Brasileira de Neurociências e Comportamento (SBNEc), da Sociedade Brasileira
de Neuropsicologia e da Sociedade Brasileira de Sono. Editora Estudos de
Psicologia (Natal). Tem experiência na área de Psicologia e Psicofisiologia, com
ênfase em Psicologia da Saúde, Psicologia do Desenvolvimento, Neuropsicologia,
Psicologia Cognitiva e Cronobiologia Humana

Publicado

2015-04-30

Como Citar

Soares, C. S., & de Almondes, K. M. (2015). IMPACTOS DO TRABALHO EM TURNOS NA QUALIDADE DO SONO E ATENÇÃO SUSTENTADA DE OPERADORES PAINELEIROS DE UMA EMPRESA PETROQUÍMICA. Ciências & Cognição, 20(1). Recuperado de https://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/971

Edição

Seção

Psicologia / Neuropsicologia / Psicanálise / Ciências Cognitivas